Tudo o que você precisa para casar

ícone

ebook lapis de noiva

Planner de Casamento

{Tendência} Como usar o estilo Japandi (Japão Dinamarquês) na decoração de casamento e da casa nova

Quando o assunto é a decoração para cada tipo e estilo de casamento, nós aqui do Lápis já começamos a suspirar com taaaanta imagem linda e inspiração que vemos por ai. E logo corremos para trazer tudo para vocês. Hoje vamos falar sobre um estilo de decoração que esta fazendo sucesso, o Japão Dinamarquês, ou Japandi.

Mesmo separados por um continente inteiro, os designs japoneses e escandinavos combinam o amor pela simplicidade, texturas aconchegantes e materiais naturais.

Pode não parecer à primeira vista, mas o Japão e a Escandinávia têm muito em comum – pelo menos em termos de design. Ambos valorizam a simplicidade e a funcionalidade, o amor pelos materiais naturais e um profundo respeito pelo artesanato.

Nos últimos tempos, esses atributos compartilhados produziram um estilo conhecido como ‘Japandi’, um acrônimo das palavras Japão e Dinamarquês. Neste estilo os móveis, utensílios de mesa e interiores tem linhas simples, tons neutros e texturas naturais. A gente até mostrou um tiquinho do Japandi no post sobre 10 tendências de casamento que amamos. Agora vamos conhecer à fundo!

 

Japandi: um Estilo Híbrido

Este novo estilo de decoração pega o toque moderno do design escandinavo e o combina com a elegância atemporal da estética japonesa para criar um estilo que reúne o melhor dos dois mundos. Uma coisa eles tem em comum, muito forte: ambos são exercícios de minimalismo.

Você com certeza já ouviu falar do termo “hygge”, né? É a palavra dinamarquesa que descreve a sensação caseira de aconchego, bem-estar e contentamento (se pronuncia Hüga em português). Sabe o significado da palavra “saudade”, que não tem um termo específico em outras línguas? Hygge é a mesma coisa.

Sua tradução na decoração da casa é toda de linhas limpas, madeira natural branqueada, com tecidos e mantas aconchegantes. O minimalismo japonês casa perfeitamente com essa tendência, com seus tons neutros e vontade de encontrar beleza na imperfeição -o wabi-sabi. Nesse conceito, “wabi” remete ao que é rústico e “sabi” remonta ao tempo e de como ele traz marcas, que têm sua beleza.

A textura é tudo, usada com cores suaves para criar um design limpo e descontraído. Tudo feito à mão também é um dos principais valores desta tendência.

Stefanie Keeler Photography

 

Vem conhecer aqui um pouquinho dos decoradores de casamento que somos apaixonadas e recomendamos de olhos fechados!

 

Stefanie Keeler Photography

 

Como usar Japandi na Decoração do Casamento

Tá, mas…Lorena & Junia, como exatamente pode-se aplicar esse estilo na decoração do meu casamento? Ahh, lógico que a gente mostra!

Na decoração do espaço do casamento, adicione textura e estampas. Isso pode acontecer nos vasos e centros de mesa, alcançando um toque orgânico com passadeiras ou toalhas de mesa de linho ou algodão combinados com louças naturais e pratos de cerâmica rústicos.

Os arranjos de flores são claros e arejados. Dá para colocar vasos em estruturas metálicas altas ou usar blocos de acrílico para criar profundidade e pontos focais. Vamos aos detalhes:

 

As paredes

O primeiro passo para esse estilo são as cores das paredes, neutras ou em tons profundos (de inspiração japonesa) então tenha isso em mente ao escolher um local. Procure tons suaves como bege, cinza, madeiras naturais em tons escuros e claros, tons de preto ou cores tão escuras que são quase preto e até o rosé ou champagne.

 

Studio Mondine
One Stylish Day

 

O mobiliário

Para seguir os princípios básicos de design do Japandi, cores neutras e tecidos naturais- como algodão, linho e lã- funcionam muito bem na escolha do mobiliário da decoração de casamento. Pense em tons de madeira naturais ou cores como off white e bege, e lounges com poltronas ou sofás fofos e aconchegantes, onde as pessoas podem ficar confortáveis.

 

Leve, aéreo & minimalista

O aspecto principal do espaço escolhido é ter muita luz natural. Locais com muita luz artificial definitivamente não são a vibe do Japandi.

Tanto no estilo de design japonês quanto no escandinavo, a simplicidade está no centro de ambos. Na verdade, ne Japandi o menos é mais e a decoração com peças sem funcionalidade não tem lugar.

 

One Stylish Day

 

Plantas & flores

Traga o exterior verde para onde puder dentro do espaço, evitando arranjos florais coloridos e extravagantes. Em vez disso, opte por plantas de caule único, ramos longos e elegantes com lindos botões e folhagens. Os galhos, folhagens e flores secas, como o capim dos pampas, hortênsias e mosquitinho, por causa dos tons de bege, combinam bem com o estilo Japandi.

 

A sustentabilidade

Como o Japandi está diretamente ligado a um lifestyle, fazer um casamento sustentável é uma realidade presente na vida do casal. Veja aqui nosso post completão sobre como organizar um casamento sustentável.

Com isso, os materiais naturais e sustentáveis ​​são fundamentais no estilo Japandi, então tenha isso em mente na hora de organizar o casamento, da escolha de não usar espuma floral nos arranjos até a optar de elementos que são resultado de upcycling, procure por alternativas para aplicar os 3 Rs: reduzir, reutilizar e reciclar.

 

Charuk Studios

 

Um Presente para Guardar Perto do Coração. Baixe o e-book Completo de Decoração + Checklist

Como se não bastasse esse conteúdo todo, criamos um material INCRÍVEL sobre decoração de casamento que será uma verdadeira luz na hora de decidir uma decoração para o seu casamento. No e-book abordamos muitos temas e tópicos para você virar uma expert na hora de organizar o grande dia, para que a decoração do seu casamento seja como você sempre sonhou.

São mais de 70 páginas de puro conteúdo e muita, mas MUITA inspiração! Demais, não é mesmo?

Quando o espaço de seu casamento é uma tela em branco, pode dar um pouco de nervoso pensar por onde começar e se você está esquecendo algo. São tantos elementos e detalhes de decoração de casamento diferentes – e tantas opções! -que resolvemos fazer um checklist completinho para ajudá-la a identificar todos os detalhes.

Essa listona tem tudo o que seu dia pode precisar, mas nada é obrigatório, tá? Ah, você pode colocar mais elementos ou tirar os que não são a sua cara! Ele vem junto com o e-book!


 

17 Maneiras para Adotar o Japandi na Casa Nova

Clean, calmo e harmonioso, a mistura de designs japoneses e escandinavos é cada vez mais procurada para a casa nova.

Para adotar o estilo Japandi em casa, concentre-se em materiais naturais como madeiras sem acabamento ou peças de bambu que trazem a sensação de natureza e beleza simplista. Use cores suaves com nuances de cores claras e use plantas e folhagens na decoração da sua casa para dar uma sensação de vida ao ar livre.

 

Jenna Peffley

Reduzir a desordem também é fundamental para alcançar o estilo Japandi. Esta estética de design se concentra em linhas limpas, luz natural e espaços abertos. Use recipientes como caixas e cestos, armários ou biombos para esconder o excesso e manter seu espaço sem bagunça.

Para obter o melhor dos dois mundos, aproveite o aconchego do design escandinavo com suas texturas aconchegantes e peças leves, mantendo a elegância da decoração japonesa. Embora ambos os estilos tenham foco no utilitário, é importante manter uma sensação zen de calma nos cômodos da casa nova.

Como o design do Japandi é focado no trabalho artesanal, procure peças atemporais, de alta qualidade e que sejam sustentáveis ​​e seguras para o nosso planeta.

 

Elton Rocha

 

Checklist prático do Japandi em casa

1- Seguir os princípios de design minimalista;
2- Usar linhas simples e clean;
3- Limpar e organizar os espaços;
4- Usar de materiais naturais -como madeira, pedras, etc.;
5- Usar tecidos naturais;
6- Texturas simples, mas aconchegantes e naturais;
7- Incorporar padrões (lúdicos) com as geometrias em estampas feitas à mão;
8- Usar cores neutras;
9- Adicionar um tom de contraste e misturar um contraste escuro com os tons neutros escandinavos,
10- Usar materiais ecológicos, sustentáveis e locais;
11- Prezar a qualidade dos materiais e do trabalho artesanal;
12- Ter apenas uma ou duas peças como foco central;
13- Usar as plantas de maneira elegante – no tipo e quantidade certa para o espaço;
14- Procurar por materiais/produtos leves (com finalidade funcional) – cada item da decoração tem uma finalidade específica;
15- Abaixar a altura dos móveis;
16- Criar uma iluminação equilibrada;
17- Pesquisar e aplicar o uso de simbolismo do design japonês.

 

Já segue a gente no Pinterest? Temos inspirações lindas esperando você por lá:

pinterest

Vale a pena ler

{Dicas Uteis} Tudo o que você precisa saber para organizar um casamento em casa
Paleta de Cores para Casamento: como escolher as cores da decoração do grande dia?
Micro wedding: o que é e como organizar um inesquecível para dizer SIM com seus convidados

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog