Todas as Dicas para Organizar um Destination Wedding

Repararam que os últimos 3 posts aqui no blog foram Destination Weddings? Pensando nisso, resolvemos compartilhar com vocês dicas incríveis sobre o assunto. Quando chegar ao final do texto vocês vão pegar o vestido e colocar na mala! rs

Praia, campo, montanha, castelo…são inúmeras as opções de locais que podem se tornar o cenário do seu casamento. Com tantos lugares lindos espalhados pelo Brasil e mundo afora, não é difícil entender o motivo pelo qual o destination wedding tem se tornado cada vez mais popular neste universo de casamentos.

Cada dia mais e mais noivos preferem se deslocar de sua cidade de origem para celebrar o seu casamento em alguma outra cidade ou até em outro país! Nós amamos a ideia do destination wedding e tudo o que representa.

Mas, a grande dúvida é: organizar um casamento à distância e longe da sua cidade é uma tarefa muito complicada? Hoje convidamos as meninas da Fica, vai ter bolo!, especializada em assessoria de casamentos no interior e também destination weddings para falar um pouquinho sobre este assunto, além de trazer dicas preciosas para quem está pensando em organizar um destination wedding.

O Destination Wedding

Destination Wedding é um tipo de casamento em que os noivos escolhem um destino perto ou longe, de acordo com o estilo que mais lhes agradar para celebrar o casamento. O leque de possibilidades é enorme, pode-se optar por praia, brasileiras ou não, por fazendas históricas, por hotéis e pousadas antigas, castelos, vinícolas… enfim, são muitas opções mesmo! É a chance que o casal tem de sair fora da caixinha e abusar da criatividade. Além disso, o casamento não durará apenas 8 ou 10 horas, mas sim alguns dias! Dando início logo no começo da viagem e finalizando quando os convidados estão de volta, isso pode ser 2 a 7 dias em média.

A probabilidade é de ser um casamento totalmente diferente do que estão acostumados a irem, sem contar que vai ficar na memória dos convidados para sempre!

Porém, antes de planejar o Destination Wedding os noivos precisam pensar em alguns pontos decisivos que vão influenciar e muito nessa hora, são eles:

1 – Número de convidados: Sabemos que quando escolhemos um destinaton wedding a primeira coisa que acaba sofrendo alteração, com relação a um casamento normal, é a lista de convidados. O casal terá uma lista menor, mais selecionada e bem próxima.

2 – Investimento: Não estamos falando de valores extremamente altos, por isso mesmo, o Destination Wedding acabou tornando-se muito atrativo nos dias de hoje. Muitas vezes o valor de um casamento para 200 convidados é o mesmo de um destination wedding para 30 pessoas, sendo que a grande diferença é proporcionar uma experiência única e exclusiva a todos.

3 – Qual o destino? Praia, campo, castelo, vinícola? A partir daí já dá para elaborar uma lista com possíveis locais e analisar se os convidados vão de carro ou de avião. Importante verificar também as opções de hospedagem para todos. Vão ficar em um mesmo hotel? Ou ficarão separados? Será meia pensão ou pensão completa? Tem outras atrações para os convidados aproveitarem a viagem? Quantos dias os convidados precisam reservar na sua agenda para o casamento?

4 – Fornecedores: Com uma lista prévia dos lugares já se pode fazer uma pesquisa de fornecedores disponíveis na região. Há uma grande variedade? É preciso levar alguém de fora? O local oferece algum tipo de pacote? Como funcionaria a questão de frete?

Depois desses 4 pontos, com certeza o casal já saberá qual o caminho a seguir.

Foto: EP Love

Nem só de destinos famosos vive o Destination Wedding

É isso mesmo! Hoje, com a globalização e o fácil acesso à lugares muito distantes, quando falamos em destination wedding, não queremos dizer apenas Cancun, Punta Cana ou Toscana. Muito pelo contrário, gostamos quando o casal busca sua identidade no destino a escolher. Pensando nisso, selecionamos alguns lugares que você pode cogitar para o destination wedding dos sonhos:

Interior de São Paulo: O interior de São Paulo é recheado de história e monumentos lindos. Além das grandes fazendas de plantação de café, vinícolas e hotéis fazendas recebem os convidados para proporcionar dias especiais e experiências exclusivas.
Vale dos Vinhedos (Rio Grande do Sul): É a Toscana brasileira para muitas pessoas, o clima e as paisagens são super acolhedoras. Possui inúmeras vinícolas e uma gastronomia única. É sem sombra de dúvida uma experiência única para os convidados e o resultado no álbum fotográfico será de tirar o fôlego.
Aspen (EUA): Isso mesmo, Aspen é uma cidadezinha pequena no estado do Colorado, com quase 7 mil habitantes, e para os amantes de esportes na neve, caminhadas, escaladas e trilhas. Possui hotéis preparados para casamentos e com vistas incríveis para as montanhas. São paisagens encantadoras.
Deserto do Atacama: Um destino paradisíaco com uma diversidade incrível de paisagens e um céu sempre azul, o Deserto do Atacama fica no Chile e é uma opção para quem quer casar fora do país, mas não muito longe. Sua geografia apresenta vulcões, lagoas altiplânicas, gêiseres e desertos de sal, isso faz com que o as fotografias sejam na verdade, uma obra de arte.
Marrakech (Marrocos): Uma cidade recheada de palácios, mesquitas, jardins e mercados, pode proporcionar aos seus convidados uma viagem cultural completa. Cercado de hotéis luxuosos com uma gastronomia local vai tornar seu casamento inesquecível.

Foto: Everbay Co.

Investimento

Quando falamos de investimento para o Destination Wedding precisamos pensar em duas maneiras:

1 – Os noivos arcando com os gastos gerais do casamento: Isso inclui além do casamento em si, o translado e também a hospedagem dos convidados. É sempre uma questão muito pessoal, que varia de casal para casal de acordo com as condições dos convidados e também dos noivos. Um fator que pode influenciar esse cenário, é quando os noivos conseguem formar um pacote no hotel que estão escolhendo, assim, englobam em um único custo o casamento e a hospedagem para um determinado número de convidados.

2 – Os convidados pagando translado e hospedagem: Esse é um cenário bem comum, os noivos enviam um Save the date antecipado e os convidados podem já se programar pesquisando passagens aéreas; muitas vezes, conseguem até promoções legais e também hospedagem. Quando muitos convidados se hospedam no mesmo hotel a chance de conseguir um desconto é muito maior, por isso, o interessante é se organizar para que todos fiquem no mesmo hotel, facilitando também o deslocamento para o casamento.

É arriscado dizermos um valor médio de gastos para um Destination Wedding, o que sabemos como comparativo, é que o custo de um casamento para 200 pessoas na cidade dos noivos é praticamente o mesmo que um casamento para 20 pessoas no Caribe por exemplo. A diferença é que esses 20 convidados não estarão indo a uma festa de casamento apenas, mas sim, vivenciarão uma experiência de 4 ou 5 dias única!

Quando falamos de destination wedding no interior, por exemplo, o custo pode ser até menor que um casamento na capital, sem contar, novamente, a oportunidade de levar seus convidados para conhecerem lugares novos, históricos e lindos.

Foto: Shari + Mike

Originalidade

Uma dúvida que pode surgir para muitos casais é se mesmo sendo um casamento à distância, vão conseguir manter a questão do casamento personalizado, com o estilo que os noivos sempre sonharam. A resposta é SIM! É possível! A única coisa que seria diferente é a questão da logística disso tudo. Quanto mais profissionais da região onde estão se casando forem contratados, mais fácil será a vida dos noivos nos dias finais. Mas, se não estiverem encontrando o que realmente buscam, nada impede de contratar os serviços em outras cidades e comprar os itens antes e levar para o casamento. É tudo uma questão de organização e planejamento das coisas. Precisam ser mais atenciosos com tudo que estão levando e tudo que trarão de volta para devolução, não podem esquecer de fazer a listinha de check nessa hora, pois confiar na memória é muito arriscado.

Para pensar nas lembrancinhas, busquem também elementos que tragam referência do local onde estão, para que seus convidados levem com eles um pedacinho desses dias, pensem em coisas que os farão lembrar de tudo que viveram com o casamento. Isso pode ser na identidade visual dos presentes ou em algum docinho típico da região, uma bebida que é produzida ali, algo que mexa com a memória afetiva dos convidados… tudo muito importante e especial.

Enfim, se os noivos querem optar por um casamento único, o destination wedding é com certeza uma das melhores opções.

Foto: Lindsey Boluyt Photography

Quantas dicas preciosas! Este post está incrível para quem sonha em realizar um destination wedding com tudo o que tem direito.

Não esqueça que ter uma assessoria de qualidade ao seu lado no planejamento, pois ela pode te salvar de muitos apuros e te deixar com a mente limpa, sossegada e livre de stress. Entre em contato com a Fica, vai ter bolo, marque uma reunião, exponha todos os seus desejos e ela com certeza te ajudará a realizar o destination wedding dos seus sonhos!

 

Gente que ama o que faz

Sobre a Fica, vai ter bolo:

A Fica, vai ter bolo possui uma forma própria de trabalhar, alinhando seus conhecimentos somados às formações necessárias em planejamento de eventos, protocolo, etiqueta e a vivência com o mundo dos casamentos, para assim criar as estratégias, métodos e ferramentas. Acreditam que os momentos precisam ser celebrados e assim buscam em cada celebração um evento único personalizado que reflete as características de cada cliente.

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário

1 comentário

  1. Meninas, bom dia! Adorei o post super pertinente e com dicas bem atuais para as noivas entretanto quando se fala em levar profissionais do Brasil é necessário se certificar das leis trabalistas do país onde se realizará o destination. Na Europa, por exemplo, é necessário ter visto de trabalho para poder exercer a profissão. Já me deparei com situações onde as noivas gostariam de levar cabelereiro, fotografos etc… Se eles não tiverem cidadania ou visto de trabalho do país em questão eles não podem exercer a profisão deles la. Produtos orgânicos não podem entrar, o ideal é adaptar ou usar produtos locais. vai casar na França, sirva Macarrons, vai casar nos EUA, ofereça muffins ou cup cakes.