ebook lapis de noiva

Planner de Casamento

Guia Rápidos

Transformando Sonho em Realidade com as próprias Mãos – Tatyla e Filipe

Meninas!! Hoje o post é super especial. Traz uma história que é semelhante a de muitas de vocês. Sabemos que casamento é um sonho para todas as mulheres, mas nem todas podem depender de um orçamento que cubra tudo aquilo que desejam. Mas isso não pode ser motivo para desistir desse sonho. O casamento da Tatyla e do Filipe vem para mostrar pra vocês que com muito amor, dedicação e companheirismo é possível realizar uma celebração super charmosa e inesquecível!

Os noivos, que superaram distâncias e a marca do tempo, possuíam um orçamento bem apertadinho para o grande dia. Colocaram, então, a mão (o pé, a família, os amigos…) na massa e fizeram praticamente tudo dos preparativos. Convites, decoração, mantinhas, tudo foi feito pelos noivos, amigos e familiares. O único fornecedor contratado foi o buffet! “O que mais marcou todo o processo foi o apoio e empenho de toda nossa família, nossas irmãs, mães e pais se dedicaram com muito amor.”, conta a Tatyla.

O casamento seguiu a tendência do rústico, com toques boho e vintage. Amamos os blocos de feno, mesas coletivas, coroa e buquê de flores feitos pela própria noiva!

“Nossa família se reuniu já na sexta-feira pela manhã no local do casamento para trabalhar na decoração. Enquanto os pais e o noivo pregavam as bandeirinhas e luzes no teto, as mulheres da família trabalhavam na decoração das mesas e cuidavam das flores… trabalhamos até a noite e no dia seguinte cedo estávamos lá novamente para fazer a decoração externa, já que o casamento seria ao ar livre. O casamento aconteceria as 15h, mesmo assim eu ainda estava lá, trabalhando duro em cada detalhe. Eu mesmo fiz minha coroa de flores, e minha irmã meu buquê.”

“Eu e o Filipe sempre tivemos em mente que no dia do nosso casamento tudo deveria transmitir aquilo que somos, por isso cuidamos de todos os detalhes, e nosso maior objetivo era: simplicidade e amor deveriam transbordar em cada canto. Escolhemos fazer mesas coletivas e a recepção foi realmente um encontro de família! Com muita descontração, onde todos se sentiram à vontade. Fomos pegos de surpresa pelo frio, que não estava previsto… o céu estava azul, porém as temperaturas eram muito baixas, o frio que passamos na cerimônia foi espantado na recepção, que foi muito aconchegante e calorosa.”

História de Amor

“Filipe e eu nos conhecemos em 2008, através de um amigo em comum, acampando em uma cachoeira da região. Na época o Filipe estava passando as férias em Ponta Grossa, pois estava cursando faculdade em outra cidade. Nos conhecemos e tivemos um breve contato, que deixou uma esperança em mim de que algo mais pudesse acontecer. Porém, perdemos o contato e ficamos dois anos sem comunicação… Pra minha surpresa, no dia da minha colação de grau, o Filipe apareceu na formatura, junto com o mesmo amigo, ele estava novamente passando as férias aqui, só que desta vez ele estava morando em São Luiz/MA e eu estava de mudança no dia seguinte para Natal/RN. Esse foi um dia muito especial pra nós, pois mesmo sabendo da distância, percebemos que havia algo começando (ou recomeçando) ali. No dia seguinte me mudei, e logo Filipe retornou para São Luiz. Mantivemos contato por telefone, e começamos a namorar, a distância mesmo… Depois de três meses namorando à distância ele foi até Natal, e ficamos juntos mais quatro meses… devido a diversas circunstâncias como trabalho, estudos, distância, entre outras, acabamos rompendo. Filipe retornou para Ponta Grossa e passamos três anos sem nenhum contato. Em 2014, devido a questões de trabalho, retornei para Ponta Grossa, e fui dar aula na Universidade. Em uma das turmas que eu lecionei havia um rapaz que trabalhava com o Filipe e deduziu quem eu era, pois sabia da nossa história. Uma breve conversa com esse aluno e as lembranças vieram. Enviei, então, uma mensagem para o Filipe através de uma rede social, e ele propôs que nos encontrássemos. Foi apenas um encontro, mas não nos separamos mais.”

“Em 2015, no dia do meu aniversário, ele me fez uma surpresa e me pediu em casamento, foi então que vivemos os meses mais intensos de nossas vidas, decidimos a data do casamento e passamos 6 meses organizando tudo, até que chegou o dia do sim! Esse dia não poderia ter sido mais gratificante, mais feliz, mais realizador… Acreditamos que passamos por tudo o que deveríamos passar, que a distância e o tempo nos fizeram crescer, amadurecer até que pudéssemos viver de forma plena todo o amor que sentimos um pelo outro. Podemos afirmar com toda certeza do mundo que a felicidade é muito maior quando compartilhada, que a vida é mais bonita quando compartilhada. Quando se elege um sonho, ele se torna um plano e então é só um passo pra se tornar realidade. Somos eternamente gratos a cada pessoa que contribuiu para que nosso casamento fosse tão inesquecível e tão intenso… Quem nos conhece sabe o quanto nos dedicamos e o quanto ficamos satisfeitos, pois tudo foi feito com amor, e tudo no dia do casamento transmitiu quem nós somos e como vivemos. Deus nos presenteou com um dia lindo e pudemos provar que Ele esteve cuidando de cada detalhe…”

Que nada impeça os sonhos de todas vocês se tornarem realidade! E para a Tatyla e o Filipe, que esse sorriso de felicidade não saia nunca do rosto de vocês!

Veja Também:

Casamento rústico + country – Shar & Clayton
Casamento Vintage-Rústico – Thalita & Bruno
Casamento Rústico – Adriane & Juliano
Casamento Romântico/Vintage – Daniele & Vinicius

Fornecedores

Buffet: Café Colonial Sabores da Colônia |  Local: Centro cultural social e recreativo Witmarsum Fotografia: Renata Guimarães | Sonorização: Arena Produções | Vestido: Marina (costureira da família) | Decoração: Noivos e Família

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog

Comentários via blog