Mini wedding DIY num jardim ecológico perto do Rio de Janeiro – Kamila & Felipe

Bom dia noivas queridas! Sabe aquele ditado que diz que a necessidade é a mãe da invenção? Pois é, quando a grana é curta, os noivos tem que se virar. O resultado ficou muito, mas muito legal!

A Kamila e o Felipe não tiveram vergonha e pediram ajuda para todo mundo, das famílias aos amigos mais próximos. Nem mesmo a chuva no dia estragou este casamento tão gracinha! Eles simplesmente usaram uma tenda para cobrir a área externa do salão de festa, e a cerimônia foi na chuva mesmo! Ainda bem que tinha plano B na manga pronto para ser usado!

Foi um dia incrível e inesquecível, tudo foi feito com muito carinho e amor. Com certeza os convidados sentiram isso em todos os detalhes. Vamos ver juntas?

Dicas Da Noiva

Adoramos as dicas da Kamila, para quem tem um budget limitado:

  • Tenham em mente o que vocês querem. Cuidado para não se endividarem à toa porque dá pra fazer um casamento econômico, basta ter os pés no chão.
  • Nos organizamos através de planilhas, então vá anotando sempre tudo o que você já tem e tudo o que você ainda precisa.
  • Pesquisem, mas pesquisem de verdade. Peçam orçamentos e batam perna, vale muito a pena andar para procurar as coisas, você acaba descobrindo umas lojas e lugares que valem super a pena.
  • Conversem entre si sobre o que é prioridade na contratação dos fornecedores e foquem nisso, se você quiser tudo ao mesmo tempo acaba se enrolando.
  • Peça ajuda, não tenha vergonha de pedir pros seus amigos e família que eles estejam com você nesse momento tão importante. Nossos amigos foram descobrindo talentos antes inexplorados durante a confecção das coisas.
  • O que importa é o amor de vocês: a festa, comida, música, etc é só um complemento. Casamento é a celebração do que vocês sentem um pelo outro.
  • Curta, aproveite muito esse dia, sério, voa e você nem percebe. Já estamos querendo a renovação de votos, rs.

No grande dia

O casamento aconteceu em um jardim ecológico fora do município do Rio de Janeiro, então todos foram um dia antes para arrumar as coisas. “Na sexta de madrugada saímos para comprar as flores e as folhagens. Fizemos o check-list para não esquecermos nada antes de equipar os carros que partiriam. Nossa equipe de arrumação foi: adivinhem, nossa família e padrinhos! Era muito engraçado porque pra onde você olhava tinha alguém com um Walk Talk dando uma ordem.”

A cerimônia foi realizada pelo avô do Felipe, e foi a coisa mais fofa de todos os tempos. Na festa, Felipe relembrou os velhos tempos dando uma de DJ novamente.

Os doces foram todos feitos pela família e amigos. Os noivos optaram por pizza, massas e salgadinhos, que eram uma opção econômica e muito gostosa. O macarrão ficava em rechauds e os convidados escolhiam o seu molho, enquanto a pizza e os salgadinhos saíam da cozinha. “Para as bebidas, nós fizemos uma lista do que queríamos. Quando achamos lugares onde eram mais baratos, compramos em grande quantidade.”

O casamento dos Sonhos foi DIY

“Sem a ajuda dos nossos amigos e família afirmo com absoluta certeza que teria sido impossível de acontecer, eles foram essenciais em cada detalhe.” Como o budget para realizar o casamento era super limitado, a Kamila e o Felipe conversaram e decidiram colocar a mão na massa. Os amigos e as famílias ajudaram em tudo, dos convites aos doces.

A papelaria foi toda feita pelo Felipe, que fez questão de estampar os elementos do pedido (leia mais abaixo) em cada detalhe: as suculentas, o jardim, as ondas e o planeta, oceano e Plutão. Foram meses de preparo com todo mundo na casa deles ou na casa da mãe do Felipe, metendo a mão na massa, enrolando sisal nas garrafinhas (o convite foi uma garrafa), pintando placas, cortando juta e enrolando guardanapo.

Na semana do casamento rolou um intensivão na casa da sogra da Kamila. “Fizemos flâmulas, os cupcakes, alguns doces e o bolo. Enquanto um cortava uma fita, o outro enrolava pirulito e outro ia ensacando suspiros, e assim foi.”

Escrito Nas Estrelas

A primeira vez que a Kamila viu o Felipe foi em 2010 quando ele, que era DJ na época, foi tocar numa festa da igreja que ela frequentava. Embora eles se encontrassem sempre depois dessa noite, só viraram amigos de verdade dois anos depois. “Quando nos encontramos novamente, sem querer, em um luau, estava muito frio e eu emprestei uma canga minha pra ele se agasalhar (hoje ele diz que a canga estava molhada rs).” No dia seguinte começaram a conversar pelo facebook e a partir de então não houve um dia no qual não se falassem.

Em um dos primeiros encontros oficiais entre os dois, num dia 15 de Novembro, o Felipe levou a Kamila ao Jardim Botânico, no Rio. Foi um dia muito importante e especial pra eles. “A partir disso comemoramos todos os 15 de Novembro como nosso dia especial. E sempre tivemos algo entre a gente que é dizer que nos amamos do tamanho de toda extensão do oceano e mais que a distância entre a Terra e Plutão.”

Durante o namoro, era comum eles dizerem um para o outro que eles se amavam do Oceano a Plutão. “Ele, no dia 15 de novembro de 2016, me levou pra um passeio que, segundo ele, duraria o dia inteiro.” Foram ao Jardim Botânico, e o Felipe ia explicando o quanto aquele lugar era incrível para a história deles. Depois ele a levou ao planetário e viram que a distância entre a Terra e Plutão é beeeem grande, “Por fim fomos ao Mirante Dois Irmãos, que tem uma vista linda para o mar e uma leve amostra da extensão do oceano. Lá ele se ajoelhou e fez o pedido. Foi um dos dias mais incríveis da minha vida, sem dúvida!”

Veja Também:

5 Dicas para economizar no seu casamento
DIY (faça você mesmo) no Casamento: Até quando vale a pena?
Casamento DIY na Chácara – Ana Lucia & Marco

Fornecedores

Local: Uana Etê Jardim Ecológico | Bolos, cupcakes, suspiros, bem- casados, pão de mel e alguns doces: Claudia Thomaz (mãe do noivo) | Os arranjos florais, Buquê da noiva e madrinhas: Céu Azul Produtora de Felicidade | Decoração: Céu Azul Produtora de Felicidade + amigos e familiares dos noivos | Iluminação e Sonorização: Felipe, Pablo e pai do noivo | bem casados e flores do bolo: Pedro Saulo e Alexsandra Santos | Brownie e Brigadeiro Gourmet: Fê Festeira | Doces Fondados: Ana Claudia Valadão | Pirulitos de cristal: Laís Doce de Leite | Balas de coco: Doces di Casa | Docinhos clássicos: Angela Barbosa | Macarons: Arte com Chocolatee Claudia Thomaz | Fotografia: Morada 14 | Foto Cabine: CP Fotocabine | Vestido da Noiva: O amor é simples

 

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog