Ensaio pós wedding cheio de ternura e cumplicidade – Paula & Kaique

Oi meninas! Nós somos da opinião que todos os recém casados deveriam fazer ensaio pós wedding! Carregado de emoção, o ensaio pós wedding a dois costuma ser uma experiência única, cheia de cumplicidade e ficando marcado como um momento especial onde os dois podem reviver muitas emoções, agora com calma e serenidade. Veja aqui outros ensaios que já passaram pelo blog.

O dia do casamento é tão corrido, tão intenso que não dá para absorver e curtir todos os momentos. Foi por isso que a Paula e o Kaique (lembram do casamento liiindo deles que já passouy por aqui?) resolveram tirar algumas horas para registrar esse momento e se apaixonarem mais uma vez por tudo o que estão vivendo juntos.

É aquele momento olho no olho onde só os dois existem, para sempre. Vamos ver?

 

 

A emoção da Paula

“No dia do casamento vivemos momentos tão especiais e únicos que a nossa vontade é reviver sempre reviver um pouquinho mais. E o ensaio pós wedding é uma experiência ótima pra quem quer viver novamente esse momento. De se produzir, colocar o vestido, se olhar no espelho e ver que você está linda de noiva. E claro, tirar fotos lindas.

O legal do pós wedding também é que tiramos um dia só pra isso, pois no dia do casamento não temos tanto tempo para nós, noivos, sermos fotografados, é tudo muito lindo, porém corrido.

A escolha do local, buquê, make… ficou tudo por conta do Lucas. Ele quis uma chácara aconchegante, rústica e numa manhã de sábado, para ficar na mesma pegada que foi o casamento. Amamos o resultado das fotos… exatamente como imaginamos. Leve e romântico”.

Clique aqui para saber como fazer um aconchegante ensaio em casa.

 

 

Já segue a gente no Pinterest? Temos inspirações lindas esperando você por lá:

pinterest

 

Vale a pena ler

Simbologias na cerimônia de casamento: usar ou não usar?
10 flores lindas para decoração de casamento
Lua de Mel: TUDO o que você precisa saber

Fornecedores

Fotografia: Lucas Araujo | Cabelo: Sandra Serra | Maquiagem: Letícia Ramos | Buquê: Floricultura Igualdade

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog