Casamento à beira do lago – Maiara & Christhof

Meninas, o casamento de hoje é muito especial e cheio de alegria.

A Maiara e o Christof tinham como ideia uma festa feliz, não só para eles, mas para todos os presentes. “Era o momento de celebrar a nossa união e a de tantos outros que já haviam passado pelo que estávamos vivendo.”

Uma curiosidade sobre o relacionamento dos dois: A mãe do Christhof tinha muita vontade de vê-los namorando e mexeu alguns pauzinhos para que esse relacionamento saísse. Fez viagens com os dois, os obrigando a passar horas juntos durante o trajeto conversando e se conhecendo, e inventando programas pra que eles estivessem convivendo de alguma forma. Isso é o que chamamos de uma mãe ba-ca-na, né?

O casamento tinha como objetivo principal o bem estar dos convidados, por isso, eles escolheram uma proposta boho chic. Assim a diversão que o local proporcionava (pedalinhos, cama elástica, tobogã inflável, pinta cabelo, tapetes com almofadas espalhados pelo local para quem quisesse deitar, sentar, conversar, relaxar, etc), bem como viver momentos especiais juntos dos seus queridos, teriam ambientes bem pensados e trabalhados. Vamos ver juntas? 

Projetinhos DIY

O projeto DIY esteve presente no casamento inteiro! Como já foi dito antes, a mãe do Christhof foi a decoradora principal junto com alguns amigos. O Lucas, irmão do coração do noivo, foi o responsável por toda a alimentação (doces, bebidas, entradas e prato principal). O irmão do noivo foi o celebrante, junto com o tio da noiva. A mãe e irmã da Maiara se atentaram a detalhes como espaço para fotos da história dos noivos, embalagem das lembrancinhas, pinta cabelo e plaquinhas para a festa, além do kit toilette. Sem falar nos amigos e familiares que ajudaram a cozinhar, limpar, carregar móveis e ajudar no que fosse preciso.

Decisão de casar

Maiara disse que ela sabia que iria casar com o Tofi, tinha esse sentimento dentro do coração. O Christof fala que sentia o mesmo, e chegou até a falar para os amigos dele. “O Tofi é um parceiro, amigo, uma companhia que eu amo ter por perto. Claro que temos desafios e coisas para crescer, mas a gente é muito parecido, e isso nos ajuda no relacionamento no dia a dia.”  Uma curiosidade sobre a Maiara: ela é alta, mede 1,83m, e sempre sonhou em ter um amor que fosse mais alto do que ela. Bom, além de ser mais alto, o Christof  é alguém que compartilha os mesmos sonhos e a mesma profissão que ela!

Dicas Da Noiva

Com organização e preparativos as dores de cabeça da Maiara foram menores. O time que ela teve assessorando ao longo dos preparativos foi muito importante. “Invista em pessoas que podem assessorar – gente que está acostumada a lidar com casamento todo o dia. Ajuda a dar um norte e evita dores de cabeça! No dia do casamento demonstre amor e carinho para as pessoas que forem ao seu casamento, curta sua família, seus amigos e o marido. Dê risada, converse e não fique só tirando foto, não! A gente fez fotos por um tempo e depois foi curtir o pedalinho com os nossos amigos. Foi a melhor coisa que fizemos! Não deixa o dia passar com a sensação que você não o viveu como deveria. Se permita!”

Momentos Únicos

Para o Christof foi o momento que ele viu a Maiara. “Acho que nem Alzheimer tira isso da minha cabeça!” Já para a Maiara ver o Tofi foi bem emocionante, mas a chegada das alianças, com as avós fofas as levando, foi bem mais forte.“Me fez pensar no quão sério e sagrado é o casamento, e quis ter a sabedoria que as avós tem hoje para ser feliz e bem sucedida no meu casamento também.”

Love Story

Esta não foi uma historia de amor à primeira vista. A Maiara estava no UNASP em busca de um curso superior. No colégio, ela foi levada para trabalhar no paisagismo com a Margot, que é mãe do Christhof, com quem ficou por dois anos.

Em um domingo que o Christhof foi até em casa para visitar sua família, estava acontecendo uma confraternização com a turma do paisagismo e a Maiara estava junto. Foram apresentados rapidamente e só voltaram a se encontrar um tempo depois. Neste encontro, conversaram por um bom tempo. Ainda no mesmo ano se encontraram durante uma viagem para Argentina e depois não se viram mais. No ano seguinte, a Maiara se mudou para o UNASP-SP, onde pretendia estudar Psicologia. Lá reencontrou o Christhof, que já cursava o terceiro ano de psicologia no mesmo local.

O pedido de namoro foi feito na parte mais alta de um shopping em São Paulo, bem perto do aeroporto de Congonhas. Lá de cima era possível ver bem de perto os aviões se enfileirando no ar para a aterrissagem. Foi então que o Christhof disse: “Eu quero que você finja que este próximo avião é uma estrela cadente e faça um pedido.” E emendou: “eu não sei o que você pediu, mas o que eu quero depende somente de você para se tornar realidade.”

SIM, Aceito!

A Maiara já tinha falado que queria que o Christhof a pedisse em casamento da maneira mais discreta e pessoal possível. “Por isso, falei com os pais dela um dia antes de pedi-la em casamento (os pais moram no Sul, e a gente estava reunido em São Paulo por causa da minha formatura, aniversário da Maiara e Natal).” Na madrugada do dia 25, ao nascer do sol de domingo, ele pediu para a irmã da Maiara acordá-la com uma cartinha dele a convidando para uma aventura e que, se ela topasse, ela deveria sair do quarto e seguir as pistas que ele havia deixado. Ela pensou que fosse algo referente ao aniversário dela, que tinha sido alguns dias antes. Quando ela saiu do quarto, se deparou com um caminho de velas que a conduzia do quarto até a porta de casa. Do lado de fora, tinha um caminho de areia que a levava até uma jangada toda decorada no lago de frente para a casa do Christhof. “Ali, eu a estava esperando, de paletó e calça jeans, enquanto ela, de pijama, dava aquela risada nervosa de ‘o que você tá fazendo?’. Embarcamos juntos na jangada e declarei minha vontade de passar o resto da minha vida fazendo a Maiara feliz. E graças a Deus ela topou!”

Veja Também:

Dia ensolarado em casamento leve no interior de São Paulo – Samirah & Fellippe
Casamento Boho chic em tons de marsala e rosa em Minas Gerais – Lorrayne & Gustavo
SIM informal sob a árvore e o céu azul de uma fazenda em Itupeva – Gabriela & Gustavo

Fornecedores

Local: Fazendinha UNASP-EC | Vestido da Noiva: Center Noivas Luz | Mobiliário, Buquê e Acessório de Cabelo da Noiva: Margot Karklin Wolter | Beleza da noiva: Odair José Centro de Beleza | Traje do Noivo: Joop | Sapato do Noivo: Democrata | Celebrante: Pr. Detlef Karklin Wolter + benção: Pr. Ericeu Oliveira | Decoração: Margot Karklin Wolter, Vc. Decora, Ana Perez, Mirian Welz e Zacarias Gama | Flores: Holambelo Flores e Plantas | Convites: noivos | Lembrancinhas: Cartões O Desafio de Amar (Mercado Livre Brasil + Saraiva) | Papelaria: Andressa Mauch Almeida | Doces: Lucas Pires e Doceria Chantilly | Buffet: Lucas Pires | Música: Ingrid Rainier | Sonorização: Felipe Mudo | Fotografia: Retrato de Amor | Vídeo: 4me produtora | Assessoria: Ester Klein e Elisa Távora

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog

Comentários via blog

  1. Estonteante!! Parabéns a querida MARGOT pela idealização do tudo, incluindo a noiva!! Mãezona demais!!!