ebook lapis de noiva

Corona Ebook

cartas de amor

as cartas de amor eu fiz no meu casamento. confesso que deu trabalho, mas foi um trabalho muitooo prazeroso!
acho que vocês já perceberam que sou fã do romance, e isso engloba a decoração.

vamos lá! eu queria dar um ar de “antigo” pra essa decoração, e queria que fossem cartas. mas como ser antigo se eu só tinha emails?

aí que entrou a primeira parte do trabalho: na época do namoro e noivado a gente trocava muitos emails (o Diego chegou a me mandar mais de 700!) principalmente porque era namoro à distância (mesmo se vendo todos os finais de semana rs). eu resolvi selecionar os emails fofos e que significaram muito pra mim e ele selecionou os emails que eu mandei pra ele (tá! eu confesso, eu acabei selecionando quase todos os meus também… ah, homens!rs). editei um por um separando as partes mais interessantes, coloquei no formato de 1/2 folha A4, centralizado, tudo bonitinho :)

a segunda parte trabalhosa foi fazer as folhas ficarem amareladas, justamente pra dar o “ar de antiguinho”. essa também foi a parte perigosa! se você tem medo de fogo, nem tente fazer! fui pro fogão… queimar as folhas…uma por uma. não é tão demorado, mas tem que ter paciência, porque se você olhar pro lado ela pega fogo! então, tenha a pia bem próxima de você pra jogar la se pegar fogo. as minhas irmãs me ajudaram muito queimando as folhas! (thanks, Ju e Titi!)

depois imprimi todas as cartas nas folhas, cortei ao meio e veio a terceira parte trabalhosa: fazer os painéis. antes eu fui até o local do casamento e escolhi onde eu queria que elas ficassem, e medi o tamanho exato. eu escolhi umas janelas antigas de madeira, e só coloquei os painéis com as cartas no centro, deixando as bordas da janela, aparecendo. essa parte tive a ajuda das minhas damas queridas, que estavam todas lá em casa no final de semana do casório.

lógico que muita gente acaba não lendo porque ficam com preguiça ou não tem interesse mesmo, mas sempre tem as pessoas que leem, que gostam, e foi importante pra gente porque relemos os primeiros emails, ainda na fase da “conquista”, depois os emails de saudade (quase todos rs), e os emails em que começamos a falar “eu te amo”, e rimos dos emails das brigas bobas…. enfim! Sem contar que pra decoração, fica uma fofura, e o custo é quase zero, afinal, o material é basicamente folha.

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog

Comentários via blog

  1. Ficou lindo! Adoro essas coisas que "só a gente tem", ao invés de seguir padrões e tendencias da moda. Casamento não é uma indústria, é uma história!!
    Meu casamento tb foi cheio dessas coisas…até meu vestido foi minha mãe que fez. E essa é uma história a parte!
    No meu casamento tinha um tema: "Ela, ele, o piano e os livros". daí eu usei as miniaturas em metal de piano do meu noivo, livros antigos da minha família (entre estes um dos preferidos de meu pai, "Vida de Jesus" de 1954, que pertenceu a minha vó) e partituras de músicas que meu noivo costumava tocar para mim.

  2. eu e a konnely merecemos crédito desse painel, pq nós colamos FOLHINHA por FOLHINHA!!!!!!!!! rs

  3. É legal envelhecer a folha com café, fica um tom antigo, e depois queimar as bordinhas do jeito que você fez. fica bem bonito tbm

  4. Lorena, você tem mais fotos desses paines que vc fez? No meu casamento quero mtas coisas com minhas cartas e do meu amor … Me ajudaria visualizar como ficou de longe, se puder enviar :)

  5. Que fofura!!!! Amei a ideia! Comigo não ria precisar de envelhecer as folhas pois temos telegramas… sim telegramas de mais de 30 anos atrás…… legal né? Parabéns pela ideia! Muito criativa.

  6. Olá, boa noite, estou precisando de uma ajudinha , nao tenho muita criatividade para isso, queria fazer uma surpresa ao meu noivo no dia do casamento. nao sei o que eu faço. grata