ebook lapis de noiva

Corona Ebook

Casamento Musical e Rústico no Celeiro – Larissa & Jefté

Que alegria dividir com vocês um casamento especial e lindo, de um casal muito querido e cheio de musicalidade! Conhecemos os noivos Larissa e Jefté há muito tempo (a Lari é nossa amiga de infância/adolescência). O casamento aconteceu no Nosso Celeiro, lugar que somos suspeitas para falar porque é muito amor! E foi registrado pela super Carol Azevedo, que também é nossa amiga e arrasa nos cliques! Se você AMA música, estilo rústico, fotos lindas e amor por todo o lado, esse casório vai te inspirar MUITO!


A Larissa e o Jefté formam o Dois é Par, e viajam por todo o país fazendo a trilha sonora de muitos casamentos inspiradores. Para os noivos era muito importante que o casamento fosse um dia leve, autêntico, feliz e repleto de sentimento. Queriam que o seu dia representasse a personalidade doce da Larissa e ácida do Jefté (rs).

Como contamos, escolheram como cenário desse dia especial o belíssimo Nosso Celeiro, que possui a atmosfera simplista, orgânica e rústica que buscavam. Toda a decoração foi feita pela própria noiva e seus familiares, seguindo uma paleta de cores alegre, com predominância do branco e artigos em madeira.

A cerimônia aconteceu ao ar livre, em meio à natureza e veio acompanhada de muitos momentos inesquecíveis, e claro, muita música! A Larissa entrou cantando para o Jefté, os amigos do casal cantaram composições customizadas e os noivos saíram cantando juntamente com os convidados como um grande coral. Que incrível!

Estamos apaixonadas pelos registros delicados da Carolina Azevedo, que refletem toda a felicidade do casal nesse dia tão importante.

Making of da Larissa:

Ela se arrumou no novo quarto da noiva do Nosso Celeiro. Cantou durante toda a arrumação. Muito emocionante e lindo! Aperte o play para se encantar com a voz da noiva Larissa.

Dicas da Noiva

– Durante a organização monte uma planilha de Excel com o cronograma DETALHADO de todas as ações e custos do casamento;
– Invista em uma assessora para o dia do evento, assim você consegue relaxar e não precisa se preocupar em controlar tudo;
– Se você for fazer sua própria decoração, tire foto de todos os espaços possíveis e monte um Power Point escrevendo o que você vai querer em cada cantinho;
– Não abra mão de uma florista, ela irá deixar tudo o que você planejou ainda mais incrivelmente lindo;
– Organização e planejamento são as duas palavras mágicas!

Decoração Rústica e Detalhes Especiais

Making Of no Noivo na Kombi ;)

A Cerimônia!

“O momento em que ela saiu do carro e sorriu parecia uma cortina de luz abrindo o céu em minha direção.”  Jefté

História de Amor

Larissa  já havia chorado algumas noites com sua amiga Taís, desabafando sobre seus desencontros amorosos. Repetia “eu preciso gravar uma música e lançar na internet. O cara certo pra mim está aí, ele ainda não sabe que eu existo. Precisa ser um cara da música, que tenha a mesma missão no coração que eu! A gente precisa fazer parte desse mesmo mundo, porque se não for assim, não vai combinar”.

Lançou a sua carreira solo com uma música que foi postada no youtube e compartilhada na rede social do amigo Samuel Silva. Jefté, que na época já tinha sua carreira solo musical há alguns anos, viu o vídeo na timeline do Samuel e curtiu. A partir daí Jefté iniciou um bate papo com Larissa por inbox. Começou a mostrar vídeos e músicas de seu universo. Ela, naquele momento, não deu importância achando que ele fosse mais um pavão a exibir-se em troca de alguns beijos na boca (rs). O papo esfriou e o tempo passou.

 

Um ano depois, Larissa conhece Estêvão e Paula em um encontro de músicos no RJ. No meio da conversa Estêvão para de falar de repente, olha para sua esposa Paula e diz: “achei”. Paula em silêncio parece ler o que ele não diz. Até que depois de longos cinco segundos de silêncio, um sorriso de Paula, e as palavras inesquecíveis do Estêvão em direção a Larissa: “achei a mulher do meu irmão”. Larissa logo disparou que não gostava desse negócio de namoro arranjado. Estêvão parecia não ouvir a rigidez de Larissa e ficava repetindo e repetindo “Você precisa conhecer meu irmão. É ele. É você. Vocês foram feitos um para o outro!”.

Certo dia Jefté foi visitar Estêvão e Paula no RJ. Assim que Larissa viu o moreno alto de black power imensurável já sentiu cosquinhas no estômago (rs). O almoço daquele dia foi na casa do Estêvão e da Paula. Lá, Jefté aproveitou para mostrar suas músicas enquanto o casal foi tirar um cochilo de sábado à tarde. Larissa não demonstrou estar bastante interessada e atraída pelo jeito recatado e barulhosamente silencioso do cearence-paulistano. Mas Jefté aos pouquinhos foi fazendo carinho na mão de Larissa, e logo conseguiu puxá-la pra perto e o primeiro beijo aconteceu.

 

Como foi bom esse encontro! Parecia tão certo, tão único, tão forte! Era tudo tão TÃO que o medo de ambos engoliu os primeiros sinais de sonhos felizes. E então, desencontro. Ele sem saber o que queria, e ela já sabendo o que não queria: um cara como ele. Doeu nele. Doeu nela. Silêncio. Distanciamento. Rompimento.

Quatro meses depois voltaram a se falar, e não demorou muito para Larissa estar sorrindo apaixonada pelo menino do black power. Em São Paulo, após uma apresentação musical de Larissa, foram jantar com amigos. Jefté imediatamente sentou-se ao lado de Larissa e publicamente a abraçava e fazia carinho em seu rosto e cabelo. Nervoso e gaguejante, disse ao final da noite ao pé do ouvido: “você quer ser minha namorada?”. Larissa, que gostava de fazer um charme, disse “amanhã te respondo”. E Jefté sorriu largo, adorando o desafio.

 

No dia seguinte,  Jefté levou Larissa para dar uma volta. A pergunta veio de novo e Larissa com olhar romântico e apaixonado disse: “sim, quero sim!”. Desde então, seus cultos e orações à distância foram dando espaço para a raiz de Deus se fazer presente em seu relacionamento. Eles pediam isso! Que o senhor fosse a raiz e que pudessem aguentar todos os desafios e dificuldades de viverem longe um do outro.


Em 2015, o Dois é Par já existia, e foi convidado a cantar no sertão do Piauí, numa cidadezinha chamada Luzilândia. E foi ali no palco, sob um luar lindo com ar nordestino quentinho enfeitando o cenário, que ele a pediu em casamento. Em vez de começar a tocar a música que estava programada, tocou a música que tinha feito pra ela, e dali já emendou no pedido, de joelhos, aliança e buquê de rosas. O sim foi dito em alto e bom som por Larissa que só chorava emocionada e feliz!

Que sejam MUITO felizes!

Quando anoitece no Nosso Celeiro ….

Gente que ama o que faz

Fotografia: Carolina Azevedo | Local: Nosso Celeiro

Fornecedores

Fotografia: Carolina Azevedo | Local: Nosso Celeiro | Vestido da Noiva: Paula Possato | Sapato da Noiva: Capodarte | Beleza da Noiva: Alline Fonseca | Traje do Noivo: TNG | Buquê da Noiva, flores e lapelas: Linoca Flores | Celebrante: Pastor fabiano Mendes | Decoração: Noiva e família | Cadeiras: Mineirart  | Identidade Visual e Convites: Noivos | Lembrancinhas: Tia Gianda | Bolo: Manu Monteiro Cakes | Doces:  Wanda Cardoso | Bem Casados: Tia Keila | Buffet: Alfa’s buffet | DJ e Sonoplastia: Leandro BPM | Música: Amigo dos Noivos | Vídeo: This is not a wedding film | Assessoria: Camilla Freitas | Alianças: Casa das Alianças | Lista de Presentes: Ricardo Eletro, Oppa e Camicado

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog

Comentários via blog

  1. O casamento da minha vida! Só preciso aprebder a cantar lindamente assim. Parabens aos noivos e aos famikiares. Ficou tudo muito bonito.

  2. Lindooooooooooooo… Sou apaixonada pelo Dois é Par!!! Tanto que os contratei para fazer a trilha do meu casamento! (segura a ansiedade!!)
    Demorou pra eles fazerem parte dos fornecedores Lápis de Noiva, hein!!? rsrs…
    Felicidade mil a esses dois! Casamento inspirador!

  3. Boa tarde!
    Gostaria de saber se vocês fazem a ornamentação quando a pessoa
    já possui o seu próprio espaço. Tenho um sítio na Praia de Mauá e gostaria
    de me casar lá mesmo.
    No aguardo.
    Obrigada.