Casamento lindo na Villa Sansu – Akemi & Yuta

Bom dia, dia bom! Quarta-feira começando cheia de inspirações lindas por aqui. O casamento da Akemi e do Yuta, está tão, mas tão lindo e delicado!

E era bem isso que a noiva queria. Simples, elegante e clean. Desejava uma festa ao ao livre mas sem aquela cara de rústico demais. O local lindo escolhido foi a Villa Sansu. A paleta de cores da cerimônia era em tons de rosa e branco para a cerimônia. Mas, para a festa, cores mais fechadas como verde escuro, bordô, contrastando com cores mais alegres como o amarelo.

A noiva estava lindíssima de Noiva nas Nuvens. E teve muito DIY:

  • O convite, uma grande amiga minha fez tudo usando o Photoshop;
  • O envelope do convite, minha irmã mais nova fez o molde, medimos, cortamos e dobramos um a um (até meu pai ajudou!);
  • Os envelopes foram selados um a um por mim, com sinete e cera;
  • A welcome board de Madeira foi 100% produzida pela minha irmã mais nova, o menu e as marcações de lugar também;
  • As lágrimas de alegria foram produzidas de última hora (mas com muito capricho!) por uma outra grande amiga minha (e pelo marido dela haha);
  • Os destinatários dos convites foram escritos um a um por esta mesma amiga, que tinha feito um curso de caligrafia láá atrás.

Bacana quando muita gente querida participa assim, não é? As memórias do grande dia da Akemi e do Yuta foram registradas pelo pessoal talentoso da Talking in The road.

Dicas da Noiva

“Leve os preparativos leve! Meu “mantra” desde o início dos preparativos casamento. Não deixe que algo tão bom, que é o casamento, se torne motivo para estresse. Boas energias geram boas energias!”

“Outra dica que daria é não falar para meio mundo como o seu casamento vai ser, compartilhar tudo que você está fazendo. Isso só dá liberdade para algumas pessoas palpitarem e enfiarem o bico onde não é chamado.”

Momento Inesquecível

“Os votos do Yuta! Me surpreendeu totalmente! Eu estava pê da vida porque até a noite anterior ele não tinha escrito os votos ainda! (Eu também não, mas ele tinha o problema do idioma hehe). Fiquei com medo que ele fosse escrever meia dúzia de palavras e fim. Mas na hora do voto, à medida que ele foi falando, pude ver o quanto ele se esforçou pra escrever tudo e falar tudo aquilo na frente de tanta gente. A dedicação dele me surpreendeu muito, não aguentei e chorei horrores.”

História de Amor

“Nos conhecemos no trabalho. Trabalhávamos em áreas diferentes, mas que se relacionavam. Eu, brasileira, ele, japonês, trabalhando como expatriado na empresa. Confesso que tinha um certo interessezinho por ele desde o começo. Mas aí, os meses foram passando e o máximo que trocamos foram e-mails de trabalho. Às vezes nos cruzávamos no corredor, eu o cumprimentava e ele às vezes nem respondia! Ficava pensando ‘mas quem ele pensa que é?!'”

“Eis que chega o final de ano e como toda empresa, a nossa também deu uma festa. E você está achando que nós finalmente nos falamos né? É claro que… não! Haha. Mas depois da festa, fomos para um after party e lá, depois de alguns copos de vodka e energético, finalmente engatamos uma conversa! (11 meses depois…). Depois de horas conversando de tudo, decidimos que era hora de ir embora já que alguns amigos já estavam mais pra lá do que pra cá. Rachamos um táxi e, como única menina da turma, me deixaram antes em casa (bêbados, mas cavalheiros não é mesmo? Haha). No dia seguinte, acordei e fiquei preocupada se ele tinha chegado bem e resolvi mandar uma mensagem no Facebook. (Como ele era um profissional expatriado do Japão, se algo acontecesse com ele seria a maior encrenca). Ele disse que estava tudo bem, perguntamos um ao outro qual era o plano do final de semana, passou a segunda, terça, quarta-feira e continuamos trocando mensagens até que ele me chamou pra sair. Sempre fui bem ruim em captar esses primeiros sinais e pra mim era só um jantar qualquer. (Eu sempre tive mais amigos do que amigas). Então no domingo à noite, fiz uma maquiagem mais ou menos, prendi o cabelo num semi preso esperto, vesti uma blusinha, um cardigã, um jeans daqueles rasgados e uma sandália. Desci pro lobby do prédio, quando o vejo… de terninho e tudo! Hahaha. Fomos jantar num restaurante italiano nos Jardins e o desastre aconteceu: o presidente da nossa empresa entrou no restaurante! Pois é, sabe aquela vontade de se esconder num buraco? Pois é.”

“Saímos correndo do restaurante (eu rezando pra não perder o emprego haha) e já que já estava tudo por água abaixo, resolvi convidá-lo a ver a decoração de Natal do Ibiraquera. Quando já estávamos indo embora, ao atravessar a rua ele pegou na minha mão. Imagina o meu de-ses-pe-ro! Foi aí que finalmente percebi que talvez aquela noite não era para ser só um jantar e captei a intenção dele. (Antes tarde do que nunca, não é mesmo?).”

“Voltando pra casa depois do jantar desastroso, prometi a mim mesma que nunca mais sairia com ele, que aquele encontro tinha sido um sinal. Até que ele me chamou pra sair pela segunda vez. Enrolei até onde pude, mas depois de ser convencia pelos meus amigos de que eu não tinha nada a perder, aceitei o convite. No segundo encontro resolvi consertar o desastre fashionista do primeiro encontro e caprichei mais no visual. Ao chegar no lobby, ele estava de… camiseta, shorts e chinelo. Hahahaha. Não era possível, era um sinal. Isso não vai dar certo, gente!”

“A Paulista estava naqueles dias de trânsito natalino, eu demorei para aceitar o convite de jantar, resultado: ele me disse que o jantar seria o que ele preparou, e na casa dele. Imaginem o meu desespero. Felizmente, tudo correu bem. Ele é um ótimo cozinheiro! Estávamos lá de bobeira quando de repente, sem nenhuma cerimônia, ele olha pra mim e diz: ‘quer namorar comigo?’ Eu, sem nenhuma noção do que responder, respondi um: ‘tá bom!'”

“E foi assim, construindo dia a dia, encontrei no Yuta tudo que um dia eu imaginava em alguém que eu queria andar lado a lado para sempre.”

Pedido de Casamento

“Como nem tudo são flores, em junho de 2015, seis meses depois que começamos a namorar, ele teve que retornar ao Japão. A despedida foi horrível, pois íamos nos ver ainda só meses depois (no meu aniversário, ele me deu de presente uma passagem para Nova York para que pudéssemos nos encontrar, em outubro).”

“Em setembro daquele ano um tio em quem eu era muito ligada faleceu de repente, o que me deixou extremamente triste. Eis que na mesma semana, numa terça-feira, o Yuta me liga dizendo que na sexta-feira daquela semana ele estaria aqui pra me ver. Achei que era piada né, óbvio. Sexta-feira à noite, e ele realmente chegou aqui. Sábado fomos almoçar, e voltando para o hotel, começo a ouvir um barulho estranho (estava de costas pra ele). Depois de um tempo, o barulho de “nhec nhec” ainda continuava. Como começou a me irritar, resolvi virar pra ver que barulho era aquele e eis que… lá estava o Yuta com a caixinha de anel aberta, só esperando para falar: ‘Casa comigo?’. E foi assim que 9 meses depois de começarmos a namorar, lá estava eu, noiva de uma pessoa que eu admirava e que literalmente atravessou o mundo para me pedir em casamento.”

Como disse a noiva, “leve os preparativos leve”, e que o final de semana de vocês também seja: leve!

Veja Também:

Colorido e Delicado – Casamento Daniela & André
Delicadeza, Verdade e Muito Verde – Casamento Encantador Hanny & Bruno
Da Faculdade para a Vida – Aline e Tiago

Gente que ama o que faz

Fotografia: Talking in The road | Local: Villa Sansu | Vestido da Noiva: Noiva nas Nuvens | Site de Casamento: iCasei

Fornecedores

Fotografia: Talking in The road | Local: Villa Sansu | Vestido da Noiva: Noiva nas Nuvens | Site de Casamento: iCasei | Beleza da Noiva: Cindy Oh | Buquê da Noiva e Lapelas: A bela do dia | Celebrante: Luciano Toledo | Decoração e Identidade Visual: Brocos Place | Flores: Helton Komura e Ceagesp | Sousplat: Vintage and cool | Mobiliário da mesa de doces: Concept Party | Utensílios do Buffet: Rental Festa | Convites: amiga da noiva | Lembrancinhas, Bolo e Doces: Chocolatria | Bem Casados: Célia bem casados | Buffet: Buffet Amami | Bar: Los Mendozitos | DJ: Maurício Hitai | Orquestra e banda de jazz: Les Ensembles | Iluminação e Sonorização: BKC | Vídeo: Zani filmes | Assessoria: Renata Watanabe | Alianças:

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário

1 comentário

  1. Amanda Lima

    A melhor história de amor contada ! Parabéns ao casal !