Casamento retrô e tropical na praia de Salvador – Nanda & Pablo

Bom dia noivas queridas! Com este verão magnifico, nada mais gostoso do que ver uma historia de amor com final feliz na praia, né? O casamento da Nanda e do Pablo não foi pé na areia, nem com vibe boho. Os dois gostam mesmo é de uma estética bem retrô, e apostaram no vintage para fazer um casamento bem colorido e alegre.

A Nanda e o Pablo disseram SIM no final da tarde em Salvador, na Bahia, cidade natal deles. Aliás, o noivo estava um charme de gravata d’O Francês Gravataria!

O importante para eles, por causa de sua essência e gostos, foi contratar profissionais que entendessem e respeitassem quem eles são! “Isso foi fundamental para que o nosso casamento fosse com a nossa cara. Nada mais maravilhoso do que sentir que o seu casamento vibra e transborda a sua essência!”

Mas o mais significativo foi o porta-alianças bordado pela Nanda, feito em bastidor e com desenho inspirado na arte do convite. O porta-aliança ganhou significado muito especial porque eles decidiram que ele seria levado pela mãe da Nanda e seu sogro, pessoas com grande peso nas vidas dos dois e que mereciam destaque especial.

Família reunida, homenagens, alegria dos amigos, sol, o barulhinho do mar e a benção de Deus. Que dia especial foi este casamento!

Dream Wedding

Desde o princípio o nosso desejo era casar em um local aberto, onde pudéssemos ter, no mínimo, um contato visual com o natural.” Encontraram o lugar na beira da praia, na cidade natal dos dois, Salvador. Mas não queriam ter um casamento tradicionalmente de praia, com clima de surf ou com um clima boho. “Apesar de lindos, não nos representavam. O que realmente nos atraía era o retrô anos 50/60, misturado com o moderno.”

“Seguimos com essa ideia e, depois, acabamos abraçando também o conceito tropical no estilo do casamento, o que, devo dizer, foi o encontro perfeito: o colorido intenso do tropical e o charme do retrô; as folhagens exuberantes do tropical e os objetos clássicos do retrô; o buquê com antúrios e samambaias do tropical e o vestido midi do retrô!”

Não poderia faltar de jeito nenhum!

Os desejos e preocupações principais da Nanda e do Pablo giravam em torno da decor (como uma boa libriana, a Nanda ama uma decoração bonita) e da diversão. Eles não queriam perfeição, mas sim que a decoração transmitisse a alegria deles. Também desejavam que o dia fosse muito especial para todos os amigos e familiares e que todos se divertissem muito.

Também tiveram os objetos da família da Nanda!! A casa dos pais da Nanda em Salvador é um acervo infinito de peças antigas maravilhosas e eles queriam que elas estivessem presentes na decor. A casa foi depenada: foram usadas xícaras antigas, uma máquina de costura Singer, mesinha retrô, cadeiras de jardim que a mãe da Nanda pintou…mil coisas!

Momentos Inesquecíveis

Sem dúvida o casamento todo foi cheio de momentos bem inesquecíveis, mas a Nanda e o Pablo concordam que a cerimônia foi o mais incrível! Para Pablo, o momento mais inesquecível e emocionante foi ver a noiva entrando. Um momento em que ele já não conseguiu segurar a emoção e nem as lágrimas (o que foi muito lindo!).

A Nanda tem dois momentos inesquecíveis. Também na entrada, quando ela o viu chorando e não viu absolutamente mais ninguém, mais nada e só conseguia olhar para ele. O outro foi a hora dos votos silenciosos, onde se olharam e se abraçaram. Trocaram uma energia singular com todos os convidados, em profundo silêncio por cerca de dois minutos, com a música Dia Branco de Geraldo Azevedo tocando ao fundo!

Escrito Nas Estrelas

“Nos conhecemos em uma festa no bairro mais badalado de Salvador e, após muita troca de olhares e uma energia indescritível, iniciamos nossa história!” Foi praticamente um ano de muitas idas e vindas aeroportuárias, com muitas despedidas e reencontros entre terras cariocas, onde Pablo morava há anos, e soteropolitanas, onde a Nanda sempre havia morado até então. E, já não aguentando a distância, ela decidiu fazer mestrado no Rio de Janeiro e dar um banho de água fria nas despedidas. Assim, com menos de um ano de namoro, já estavam morando juntos e construindo aos poucos um lar cheio de doçura e aconchego!

Cinco anos e dois filhos caninos depois, em 2017, começam a conversar sobre fazer uma celebração de seu amor e do encontro, que sempre chamaram de “encontro de almas”. Passaram a planejar o grande dia para oficializar e comemorar o que consideram o mais precioso de tudo isso: eles dois!

SIM, Aceito!

O pedido foi muito a cara deles, sem grande sofisticação, sem luxo, mas com muito significado e sentimento. Fizeram uma viagem a Paraty, para o Festival de Jazz que acontece anualmente na cidade, para o qual sempre vão. “Em um dos dias da viagem fizemos uma trilha para uma praia mais distante e lá, deitados sob o céu, com o som do mar e na praia quase deserta, Pablo aproveitando esse clima, tirou o anel da mochila e fez o pedido! Fiquei bem emocionada e disse um óbvio sim!”

Veja Também:

Casamento Solar e Tropical em Búzios – Jay e Leo
Casamento Colorido e Tropical em Maresias – Tânia & Otávio
Casamento rústico inspirador no final da tarde de Búzios – Yulli & Giovane

Fornecedores

Gravata do Noivo: O Francês Gravataria | Local: Carlotta Eventos | Vestido da Noiva: Gorete Costureira (Méier – RJ) | Sapato da Noiva: Le Lanfred | Acessório de Cabelo da Noiva: Uma Diva | Beleza da Noiva: Juliana Domingues e Paula Meyer | Traje do Noivo: Woodlouse | Sapato do Noivo: Mr Cat | Assessoria, Identidade Visual, Decoração e Buquê da Noiva: Vou Casar e Panz | Lapelas e Flores: Ândria Panisset Produções | Celebrante: Laila e Jonas (amigos do casal) | Mobiliário: Mobile Eventos | Itens Decorativos: Obejto Único e Toke Especial | Convites: Estudio Kumkum | Bolo: Junia Franco | Buffet e Doces: Tereza Sandy | Bem Casados: Dolce Lajú | DJ: Roger | Banda Little Honey | Iluminação e Sonorização: Calendoscópio Luz e Som | Fotografia: Amanda Francelino | Alianças: Montecarlo | Porta-aliança: feito pela noiva | Topos de bolo: Babuskas do Santo Dia

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário via blog