Pé na Areia e Sol – Casamento em Maresias Soraia e Felipe

Sexta-feira com casamento na praia. Combina demais, não é mesmo?

A Soraia e o Felipe custaram a encontrar o lugar perfeito, tinha que ser pé na areia mesmo, rústico, com espaço para plano B, coberto e com uma vibe boa. Encontraram tudo isso em Maresias, no Luai, que até na área coberta é pé na areia!!

Eles tinham o plano B, mas no fundo, no fundo, ninguém quer usá-lo, né? Então, até ovo no telhado rolou para que o sol saísse. E não é que saiu?

A decoração seguiu nos tons favoritos da noiva azul/verde acqua e com as flores brancas gerando bastante serenidade. As mesas comunitárias ficaram lindas e super despojadas. Apaixonadas pelo porta-aliança de estrela do mar e areia!

As fotos da Bruna Grillo estão incríveis e retratam toda a atmosfera leve e descontraída do sonho realizado da Soraia e do Felipe.

Dicas da Noiva

Nos preparativos:

  1. Faça tudo como vocês, noivos, querem, não se importem com protocolos e regras criadas pela sociedade. Esse dia é seu e de mais ninguém, tem que ser como vocês imaginam.
  2. Criem um email para o casamento, assim podem concentrar todos os contatos dos fornecedores e os dois conseguem acessar e estar por dentro de tudo.
  3. Não façam lista em lojas, seu dinheiro fica preso lá, aconselho fortemente a fazer lista em site de casamento e depois comprar as coisas que quiserem. Mas atenção, os convidados sempre escolhem com muito cuidado o presente de casamento que vão te dar, por isso não peça coisas que você não irá comprar. A ideia do site, é você ter liberdade de comprar coisas em várias lojas. Os convidados irão ficar super chateados se forem na sua casa e não encontrarem o presente que te deram.
  4. Me falaram uma frase durante os preparativos que diz: A felicidade não está no destino e sim no caminho que percorremos até lá… Ou seja curta todos os dias dos preparativos, a festa é só o grand finale, tudo precisa ser curtido!

No dia:

  1. Não se estresse se algo não ficou como você imaginava, os convidados não sabem como era pra ser, eles vão curtir como estiver.
  2. Curta tudo, cada segundo.
  3. Após a cerimônia, recepcione todos os convidados. Por fazer uma mini fila, as pessoas te cumprimentarão mais rápido e depois vocês não terão a “obrigação” de passar para cumprimentar todos, perdendo tempo da festa. Além disso, os convidados também já ficam livres para curtirem a festa. Depois, no momento da entrada é só curtir.
  4. Muitos noivos acabam não ficando muito juntos durante a festa, porque é muito fácil se distrair com tanta gente vindo falar com vocês. É muito importante que vocês prestem atenção nisso para curtirem a festa JUNTOS.

Geral:

A escolha dos fornecedores é muito importante. Não se estresse com nenhum deles, são eles, juntos, que vão fazer o seu dia acontecer de forma especial. Crie um relacionamento saudável para que eles tenham prazer em fazer o melhor por vocês.

Momento inesquecível

“Tudo, foi perfeito! Aconteceu como um sonho, aliás mais do que isso. Todas as pessoas que amamos ali, sorrindo para nós e emanando as melhores das energias. Não tem coisa melhor. Foi o melhor dia da vida sim! Dá vontade de trancar todo mundo ali pra ninguém sair e ficarmos vivendo aquilo para sempre. Somos de uma frase que diz: a felicidade só é real quando compartilhada.”

História de Amor

“No carnaval de 2010, o Felipe foi passar o feriado no sitio dele em Serra Negra com uns amigos, e próximo dali um famoso carnaval de rua rolava na Cidade de Monte Alegre do Sul, onde um dos bloquinhos era organizado por um amigo do Felipe, que o convidou para conhecer. Como eles estavam perto dali, toparam. Ao mesmo tempo, esse amigo também era amigo de uma amiga minha, que me convidou para conhecer o bloquinho e convenceu a turma toda da faculdade para passarem o carnaval lá. No caminho para Monte Alegre, essa amiga tinha alguns acessórios de carnaval no carro e doou o chapéu de sapinha para mim, que foi usado durante todo o feriado.”

“Dia 14 de fevereiro, dia do amor em vários lugares do mundo, e lá fomos nós para o bloquinho. Enquanto estava rolando a concentração perto da pracinha principal da pequena cidade do interior, o Felipe foi mexer com a tal da menina que estava usando o chapéu de sapinha. Mas quando virei para pedir que ele parasse de me encher, foi amor à primeira vista. Não falamos nada e simplesmente nos beijamos. Digo que foi um conto de fadas às avessas, eu de sapo e ele de príncipe rs.”

“Quando perguntei o nome dele, e ele falou Felipe Augusto, eu não pude acreditar. Pois duas semanas antes eu havia sonhado que conheceria um Felipe de nome composto. Saí correndo para contar para minhas amigas, mas elas nem me deram bola. Enfim, ficamos juntos a noite toda e eu voltei completamente apaixonada. Todo mundo falava para eu desapegar, pois era carnaval. E ainda bem que estavam todos errados.”

“Quando voltamos para SP, essa mesma amiga, encontrou o Felipe no Orkut, por causa desse amigo que eles tinham em comum, e me mandou o link. Eu o adicionei e começamos a nos falar novamente, descobrimos muitas coisas em comum e logo já resolvemos nos encontrar. Estamos juntos até hoje.”

“Não deixei que ninguém contasse para ele que desde o primeiro dia eu já estava apaixonada, essa informação só foi revelada no altar pela cerimonialista que não poderia ser outra pessoa, a amiga que nos conectou. Foram 6 anos de muito companheirismo, viagens, ficando amigo dos amigos, unindo as famílias. Até que na virada do ano de 2015/2016 o Felipe fez o pedido!”

Pedido de Noivado

“Diferente de todos os outros anos, íamos passar esse ano novo só nós dois. Como outras vezes, fomos para a Praia da Fortaleza em Ubatuba, na casa da tia do Felipe. De última hora, meus pais resolveram descer também, mas ficaram no nosso apto na praia de Maranduba.”

“No dia 31, passamos o dia com eles e por diversas vezes nos convidaram para passar a virada lá, mas o Felipe insistia que era melhor passarmos só nos dois na Fortaleza, assim não pegaríamos a estrada, poderíamos ficar tranquilos em relação à bebida e etc. Não teve jeito de convencê-lo e eu nem imaginava que ele já estava com tudo planejado.”

“Enfim, voltamos para a Praia da Fortaleza, fizemos um jantarzinho/ceia, pensamos nos pedidos que íamos fazer para pular as ondinhas e perto da meia noite, fomos para a praia. Durante os fogos, o Felipe me abraçou e ele estava meio inquieto e suando. Eu não fazia ideia do porquê ele estar assim.”

“Quando os fogos acabaram, o convidei para pular as ondinhas, mas ele pediu para que eu esperasse e ficasse virada para o mar. Neste momento ele falou coisas sobre o nosso relacionamento. Então deu o sinal: Amor, vira! E lá estava ele, ajoelhado com a caixinha da aliança na mão perguntando se eu queria casar com ele. Foi mágico, foi emocionante.”

“Curtimos muito aquela virada de ano, ligamos para os amigos e família e anunciamos a novidade! Não queríamos que aquele dia acabasse, ficamos acordados por horas. Confesso que também não conseguia parar de olhar a aliança no meu dedo!”

Veja Também:

Casamento Colorido e Tropical em Maresias – Tânia & Otávio
Casamento Solar e Tropical em Búzios – Jay e Leo
“Meu Amor é Teu” – Destination Wedding Leilane & William

Gente que ama o que faz

Fotografia: Bruna Grillo

Fornecedores

Fotografia: Bruna Grillo | Local: Luai Cabanas – Maresias | Vestido da Noiva: Madrinha da noiva | Maquiagem: Roberta Silva | Cabelo: Eliedson Araújo | Traje do Noivo: Siberian | Decoração, Buquê, Lapelas e Flores: Marcio e Celso Decorações | Celebrante: Paula Miranda | Identidade Visual e Convites: Ellen Nagai | Chinelos: Dellaqua Atelier | Shot glass: Porcelana Barbara | Cachaça Saborizadas: Spazio Benedetti | Foto lembrança Retro: Grafias | Bolo e Doces: Mariza Doces | Bem Casados: Conceição Bem Casados | Buffet: Expresso Gourmet | Bar: Cia do Rizzo | DJ: DJ Igor Cunha | Iluminação e Sonorização: Pro 3 | Vídeo: Nó de Gravata | Assessoria: Bruna Casoto | Alianças: Liê

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário