Casamento dos Sonhos em Ouro Preto – Larissa & Luiz

Pular para o post seguinte

O post de hoje está um verdadeiro encanto! Casamento lindo, autêntico, cheio de detalhes e momentos muito especiais. Estamos apaixonadas pelo casal Larissa e Luiz! A cada pedacinho do relato que líamos (escrito pela noiva e também pelo noivo) ficávamos mais envolvidas pela história do casal e seu jeito tão peculiar de ser.

Os noivos tiveram dois casamentos, um elopement wedding (casamento a dois) em Ponta do Corumbau, extremo sul da Bahia, onde sozinhos trocaram votos sem nenhum tipo de protocolo ou preocupação, e um wedding weekend em Ouro Preto no Hotel Relicário, para poucos convidados.

Já na sexta-feira os convidados foram chegando e se acomodando.  À noite, os noivos os receberam em um welcome dinner. No sábado aconteceu o casamento e no domingo o café da manhã de despedida repleto de carinho e amor. Amamos demais quando a comemoração ao lado dos convidados se estende além do dia do casamento.

Optaram por um casamento, leve, íntimo e autêntico. A princípio foram influenciados pela proposta boho, mas depois acabaram criando uma proposta diferenciada, personalizada e essencialmente do casal. Insistiram bastante com seus convidados por um “casamento desplugado”, no qual celulares ou tablets fossem evitados para que todos se entregassem plenamente ao momento do casamento e não poluíssem as fotos e filmagens.

Dispensaram protocolos tradicionais e realizaram uma cerimônia incrível com vista para as montanhas de Minas Gerais, celebrada pelos amigos do coração. O noivo entrou tocando uma viola caipira decorada com um arranjo de flores e, para a entrada da noiva, compôs um “poema-chamamento” mesclando versos significativos para o casal.

Como daminha, em um carrinho-cesto entrou a cadela do casal, Cabrita, acompanhada por seus 12 filhotinhos, com as alianças entre eles. É pra morrer de amores gente!!!

Não incluíram quaisquer rituais religiosos ou místicos, e definiram que, ao final da cerimônia, ninguém além de eles mesmos poderiam se declarar “esposo e esposa”, uma vez que, para os noivos, somente eles mesmos têm a autonomia e o direito para tal fala e decisão. A tradicional “permissão” para o noivo beijar a noiva foi substituída por um convite mútuo para que os noivos se beijassem, após a seguinte fala da noiva: “Diante das montanhas, dos nossos amigos e familiares e diante da autonomia que tenho sobre minha própria vida eu me declaro sua esposa”.

Como não se apaixonar por esse casamento? Tão inesquecível, tão único! Aproveite sem moderação os registros maravilhosos da nossa dupla mineira favorita: Ana Slika (fotos) e Olga Filmes (vídeo).

 

“Calma! Tudo está em calma”…
Eu queria que a mão do amor
Um dia trançasse os fios do nosso destino
Como se eu fosse o pano e você fosse a linha
E a agulha amarrasse ponto a ponto nosso amor
Reproduzidos no bordado
A casa da beleza
A casa à qual…
Não falta cadeira, sofá, parede, cama, banheiro, quarto, abajur, sala de jantar, cozinha…
(Não faltam guitarras)
Não faltam sequer cachorros uivando só porque você não está – em casa…
Só falta seu pé descalço
Só falta você acordar
A casa é sua: Por que não [entra] agora?
Vem cá, meu bem, que é bom lhe ver
O mundo anda tão complicado
Que hoje eu quero fazer tudo por você.
Vamos chamar nossos amigos
A gente esquece um pouco do trabalho (da política!)
E diz um pro outro:
“Calma! Tudo está em calma”
Venha, vamos juntos seguir
O caminho é a hora
De juntos – aqui.”

Surpresa Especial

“O momento mais especial foi a surpresa que o Lu preparou durante meu making of. Recebi uma serenata. O Lu chegou cantando e tocando uma das músicas que mais amamos: “Dia especial”. A letra é maravilhosa e representa muito o que a gente sente. Eu não tinha chorado até aquele momento. E aí não deu outra. Chorei horrores. As amigas, mamãe, irmã, todas choraram. Até a Gabi (Makemeup) chorou. E quando a Olga e a Ana abaixaram as lentes… Todas com os rostinhos molhados. Foi mágico!”

Dicas da Noiva

“Atenção, pois nada é mais necessário que o amor entre vocês. De nada adianta o melhor buffet se vocês não se respeitarem e possuírem um plano de vida juntos. Além disso, contratem bons fornecedores. Procurem indicações. Não acreditem apenas em referências de internet… Eles estarão ao lado de vocês e concretizarão os seus sonhos, portanto, merecem ser tratados como convidados de honra! Casal, que vocês dois sejam as próprias referências do seu casamento. Nem sempre algumas imagens ou ideias de referências se assemelham à vida de vocês! Então criem! Cada amor é lindo em sua singularidade!”

Mimos Especiais

– Entregamos um pé de alecrim para cada convidado e um carimbo com os dizeres: “Cultive o amor”. Os noivos carimbaram pacotinhos de pipoca e distribuíram junto com a plantinha ao final da festa, para que os convidados plantassem em suas casas como lembrança. Ficou lindo!
– Tivemos também o “cantinho da mamãe”. A mãe da noiva preparou vários bombons da festa, além de um dos bolos. Nada como um doce de mãe para adoçar a festa e receber os convidados.
– Fizemos também várias pashminas para cobrir os convidados de carinho e ajudar a proteger do frio no pós-festa!

Dicas do Noivo

“A preparação da festa de casamento é uma amostra do real relacionamento do casal. Se é um casal unido, a preparação será conjunta; se não, uma das partes vai se sacrificar sozinha por algo que é comum aos dois. Todo o processo tem alegrias e tristezas; harmonia e desencontros. O importante é lembrar, sempre e sempre, disto: a celebração é do casal, e que não faz sentido apenas uma das partes se desgastar ou se empolgar sozinha com a festa do casal. Assim, a festa de casamento é uma excelente oportunidade para o casal cuidar de dialogar e de criar (ou fortalecer) a parceria entre si.”

“A noiva não deve impedir ou boicotar o noivo de opinar naquilo que ele quiser opinar. Quase tudo na indústria do casamento contribui para invisibilizar o noivo, atribuindo todo o protagonismo – e responsabilidade! – à noiva, e não ao casal! O noivo deve abraçar a ideia do casamento como uma construção comum. É importante que o noivo assuma sua parcela de responsabilidade, recusando a opinião de que o dia do casamento é só “o dia dela”. Não! O dia é do casal. Enfim, a dica seria: noivos e noivas devem, cada vez mais, recusar o hábito tão comum – entre amigos, conhecidos, familiares e mesmo fornecedores – que coloca toda a festa de casamento apenas nas costas da noiva. Falas, atitudes e “brincadeiras” terminam por reforçar valores que são, em si, prejudiciais para ambos. A desigualdade de compromissos com algo que é comum não é um bom sinal para quem pretende, após a festa, viver uma vida em comum.”

Playlist da Cerimônia

– Entrada do Noivo: “O Trenzinho Caipira” (Heitor Villa-Lobos)
– Chamada para cerimônia: “Tá caindo fulô” (domínio público);
– Entrada da família do Noivo: “Estrela” (Gilberto Gil);
– Entrada da Noiva: “Frisson” (Tunai);
– Entrada das Alianças: “Dia Branco” (Geraldo Azevedo);
– Saída dos Noivos: “A Sky Full of Stars” (Coldplay).

“Não temos crianças em nosso círculo afetivo, ao mesmo tempo que amamos nossos cães. A imprevista gestação da nossa cadela, e o nascimento dos filhotes exatamente um mês antes da festa, ainda que tenha gerado preocupações e ansiedades, acabou se convertendo em uma das imagens mais elogiadas e surpreendentes de nossa cerimônia.” – Larissa

História de Amor

“O primeiro encontro foi em uma antiga casa de samba de BH. O casal sempre gostou muito de dançar: ela, bailarina por muitos anos; ele, apreciador da dança de salão. Os olhares se cruzaram e ele a convidou para uma dança. Acabaram dançando a noite toda, até que finalmente deram o primeiro beijo. A partir daí os corações sempre estiveram grudadinhos. Ali criaram uma conexão que nunca se desfez, e só fez crescer com o tempo. Por alguns anos, moraram em cidades diferentes, sendo Ouro Preto uma delas. Isso nunca foi um empecilho para o casal, apesar de não ter sido fácil conviver com as centenas de quilômetros os separando. Até mesmo quando o noivo foi morar sozinho alguns meses na Europa, e apenas a tecnologia podia ajudar a diminuir um pouco a saudade. Sobre a decisão de casar, o processo foi bem como o noivo descreveu em seus votos: ‘primeiro, conversas (despretensiosas); depois, programas de noivas (despretensiosos); seguidos de vídeos de casamentos (despretensiosos e incontáveis) – e, por fim, ele já via e se emocionava sozinho’! Foi assim que um sonho que antes era de apenas um (despretensiosamente) se tornou dos dois. No processo, teve muita estrada, muita rodoviária, muitos voos e muitos ônibus. A noiva lembrou bem disso nos votos dela: ‘Nosso amor é capaz até mesmo de sorrir diante de algumas distâncias do tamanho do Atlântico’.”

“Um dos momentos mais especiais foi quando saímos um pouco da festa com o objetivo de: contemplar nossa própria festa! Enquanto todos lá dentro comiam, bebiam, dançavam, cantavam e riam, eu e Lalá, acompanhados pelos queridos da foto e da filmagem, sentamos do lado de fora do salão, sem sermos vistos pelos convidados. É uma das cenas que mais gosto de ver. Nos abraçamos e ficamos alguns minutos gravando em nosso coração aquele acontecimento tão único.” – Luiz

Veja Também:

Casamento autêntico e emocionante “sem cara de casamento” – Marcela & Lucas
Amor maior que o mundo – Casamento com tema viagem Juliana & Paulo
Casamento em São João del Rei – Juliana & Luiz
Casamento emocionante em BH – Aline & Jorge

Gente que ama o que faz

Fotografia: Ana Slika | Vídeo: Olga Filmes

Fornecedores

Fotografia: Ana Slika | Vídeo: Olga Filmes | Assessoria: Luiza Nassau | Local: Hotel Relicário | Vestido da Noiva e Sapato da Noiva: Tete Rezende | Acessório de Cabelo da Noiva: Giuliana Mazzucato | Beleza da Noiva: Gabi Ferron | Traje do Noivo: Marcelo Blade Alfaiataria | Sapato do Noivo: OuterShoes | Buquê da Noiva / Decoração / Lapelas / Identidade visual: Que coisa mais linda | Celebrante: Amigos do coração (Eliéser, Vanuza e Bruno) | Banda da cerimônia: Mais amigos do coração (Camila Jorge e Alex Bocão) | Lembrancinhas: Pashiminas e Alecrins (DIY) | Bolo: Fabrício Lima e Confeitos de Amor | Doces: Bravo Catering e Confeitos de Amor | Brownies: Baked | Buffet: Bravo catering | Bar: Del Carlo Drinks | Food Truck do pós festa: BoiTruck | Bandas: Banda Mais80 / Alex Bocão / Thiago Pimenta