Um história linda – Casamento Flora & Jakob

Ontem foi a história de um brasileiro e uma portuguesa, hoje é de um alemão e uma brasileira. Temos provas mais que concretas que amor não liga nenhum pouco para essa coisa de distância!

Ler a história de amor da Flora e do Jakob e a história do casamento deles me tirou sorrisos e lágrimas. Tudo tão intenso, bonito (às vezes triste), emocionante… Não fui capaz de mudar uma vírgula, então vou deixar tudo aqui para vocês! Uma verdadeira prova de que o amor sempre vence e “se a vida te der obstáculos, mostre a ela que você não tem medo de enfrentá-los.” (#loveisadrug)

O começo de tudo: 

“Nossa história é uma história de amor, resiliência, amizade e doces encontros e reencontros.

Em 2009 fui morar em Pamplona, na Espanha, e a ideia era cursar uma especialização e voltar em seis meses. Deixei família, amigos, emprego e namorado, e fui para a minha aventura com o coração meio partido, mas cheia de vontade de viver o novo.

Como nada nessa jornada é por acaso, meus melhores amigos na Espanha eram alemães – Jakob (o marido) é alemão. E foi numa noite de festa na casa do amigo de um amigo de um amigo que eu conheci meu menino de ouro. Ele estava de passagem pela cidade, tinha ido visitar um amigo que estava estudando comigo.

Nosso primeiro encontro foi uma explosão de afinidades, daquela coisa de um completar a frase do outro. Fomos para uma festa e conversa pra lá e pra ca, dançando pra lá e pra ca.. ele me deu um beijo na testa!!!! Na hora eu pensei: nooooooooossssssaaaaa que vergonha! beijo na testa significa: sorry, não to afim de você, é só amizade!

Não sei o que deu na minha cabeça que, mesmo com esse beijo na testa, resolvi tomar a iniciativa e tasquei um beijo nele : )

A partir daí minha vida mudou, tudo mudou. Dias e noites de conversas por Skype, conversas de 5, 6 horas sem parar! Ficamos no vai e vem Espanha/ Alemanha e por meses, a cada 15 dias, nos encontrávamos.

Como nada é por caso parte 2, meu pai foi trabalhar na Itália, levou toda a família e eu me juntei a eles, prolongando a minha estadia na Europa.

De lá pra ca, foram várias fases de relacionamento à distância. Teve Espanha- Alemanha, Itália-Alemanha, Brasil-Alemanha.. e depois de 5 anos de pura resiliência e uma amor parrudo que só vendo, ele se mudou para o Brasil  e resolvemos nos casar.”

Os preparativos:

“Não resolvemos nos casar, não. Na verdade nunca pensamos em festa de casamento e tudo mais. Desde o beijo na testa estamos casados assim não verbalmente, tudo com muita leveza, com muita calma, com muito amor. O casamento “formal” selaria nossa união e seria uma oportunidade de trazer nossa família e amigos da Alemanha para conhecer o Brasil.

O Jakob só me fez um pedido: tem que ser na praia com bastante frutos do mar! O resto é você quem manda!

A escolha do local foi super natural, a Pousada DiMari, em Boiçucanga! Além de ser uma pousada de amigos de longa data, tudo ali tem a nossa cara, as cores, a informalidade, a natureza, o cheirinho de casa, o peixinho frito na beira da praia, a caipirinha de limão siciliano! Tudo do nosso jeitinho!

Não, planejar e executar não foi um mar de rosas! Foi difícil! foi difícil explicar como funcionam as coisas aqui! Casamento na Alemanha é uma coisa muito mais informal, muito menos festança e muito mais “quintal de casa”. Aquele “o resto é você quem manda” era tudo mentira rsrsrsrs Mas, aos poucos, com jeitinho, fomos nos acertando!

No meio do caminho tinha uma pedra!

Faltando dois meses pro casamento, os gringos todos chegando, véspera de copa do mundo, aquele clima de festa e alegria e meu pai descobriu um câncer!

Meu pai é meu herói, meu tudo e aquilo ali acabou com a gente… sem ele não tinha festa, não tinha nada.

Perdi meu pai em 40 dias. Briguei com Deus, briguei com todo mundo. Foram dias e noites de escuridão. Nossos amigos todos preparados para o cancelamento da festa e um dia eu acordei e falei: eu vou casar! eu tenho certeza que meu pai iria querer isso. Somos quatro mulheres de fibra, minha mãe, minhas duas irmãs e eu. Nos unimos e elas me casaram.

Nos casamos num fim de semana de chuva, bem cinza e bem lindo! Com as ondas batendo bem alto!

Foi uma cerimônia super íntima, para 60 amigos e familiares. Eu entrei sem meu pai, mas carregada por todo o amor dos meus amigos. Meu menino de ouro me encontrou no meio do caminho e caminhamos juntos até o altar.

A cena mais emocionante do meu casamento foi correr para a varanda da pousada, enquanto eu me arrumava e ver minha família e minhas melhores amigas cuidando de toda a decoração <3 isso preencheu meu coração!

Depois de dois meses de tristeza, vi minha mãe sorrindo de novo (ela cuidou de toda a decoração, fez todas as lembrancinhas, uma a uma..)

Eu coloquei uma medalhinha com a estrela de Davi dentro do meu vestido – meu  pai usou essa medalha a vida inteira – e assim eu entrei com ele no meu peito, juntinho de mim.

Minha mãe entrou sob lágrimas e aplausos…foi lindo!

Nossa cerimônia perfeita, nos beijamos umas três vezes antes do padre dizer “pode beijar a noiva”, era muita emoção ali!

Nós tínhamos duas prioridades: música boa e comida boa!

Missão cumprida!

Nossa festa foi maravilhosa, teve muito choro, muitas risadas, muita chuva, muita bebida, muita música boa e muitos muitos sorrisos!

As fotos são todas em PB, somos amantes de fotografia e um álbum inteiro em PB era o nosso maior sonho. Quando conhecemos o Artur, da Água Benta Fotografia, e disse que queria tudo em preto e branco os olhos dele brilharam! Sinergia pura!”

flo-jac-0139

flo-jac-0064 flo-jac-0359 flo-jac-0189 flo-jac-0342 flo-jac-0318 flo-jac-0347 flo-jac-0217 flo-jac-0090 flo-jac-0104 flo-jac-0229 flo-jac-0289 flo-jac-0311 flo-jac-0315 flo-jac-0327 flo-jac-0191 flo-jac-0397-2 flo-jac-0416 flo-jac-0417-2 flo-jac-0421-2 flo-jac-0430 flo-jac-0507 flo-jac-0483 flo-jac-0494 flo-jac-0523 flo-jac-0624 flo-jac-0634 flo-jac-0753 flo-jac-0 flo-jac-0979

Fotografia: Água Benta
Assessoria: Ciça Oliveira
Decoração e Lembrancinhas: Mãe da noiva
Local: Pousada DiMari (Boiçucanga)
Papelaria: Chuva de Papel
Vestido: Emmanuele Junqueira
Sapato: Juliana Bicudo
Aliança: Tiffany
Buffet: Marakuthai
Bebidas: JMatos Bebidas 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário

5 comentários

  1. lais

    que casamento maravilhoso! me emocionei muito com o relato da flora (que tem um lindo nome).
    que a felicidade vivida nesse momento se perpetue!

  2. Aline

    Gente, que casamento lindo. Que história linda! Me emocionei. Desejo à vocês muito amor e luz em seus caminhos. Parabéns!!! =D Beijocas! =)

  3. Raissa

    Quanta coisa linda!!! Que encanto essa historia!!!
    Flora, vou para Pamplona em uma viagem de família e depois visitar o meu irmão em Jerusalém. Como vc morou em Pamplona gostaria de saber se tem uma dica de lugar legal para o sonhado vestido de noiva no estilo do seu que me apaixonei. Alguma dica?
    Obrigada!!