A Dois para Sempre! – Elopement Wedding Arthur & Tairine

Que tal começar o dia com um elopment wedding super inspirador e lindo? Para quem ainda não sabe, esses são aqueles casamentos a dois apenas, só noivo e noiva, mais um fotógrafo registrando a troca de votos e alianças.

A Tairine e o Arthur optaram por unirem suas histórias para sempre dessa forma e os registros desse dia ficaram incríveis! Quem nos conta sobre a experiência e história de amor do casal é o próprio fotógrafo, Alan Vieira.

Como se conheceram em Itajaí, na faculdade, escolheram a praia favorita dos dois como cenário, a Praia Brava. Os dois começaram a organizar todos os detalhes com um mês de antecedência, o que ajudou a não ficarem tão ansiosos.

“Um altarzinho simbólico foi montado pelo Arthur na Praia Brava, bem no finalzinho da madrugada, enquanto a Tai terminava de se arrumar. Segundo ela, a intimidade da relação dos dois se reflete muito no calor das chamas das tochas e das velas e no modelo clássico do aparador, por isso a escolha desses itens para compor e trazer mais verdade para o nosso dia dos sonhos. A cerimônia seguiu com a troca de votos e das alianças. Tudo feito com muita calma, com tempo, deixando cada emoção ocupar seu devido lugar. Sem pressa e celebrando o amor de frente para o mar e ao nascer do sol.”

Venham ver as fotos incríveis e o amor transbordante do Arthur e da Tairine!

Dicas dos Noivos

“Pense em vocês! Sinta qual a vontade do casal antes de mais nada. Não se apegue às vontades de familiares ou amigos porque este momento é o marco na construção da vida a dois. Dali em diante serão uma família, pensarão em vocês em primeiro lugar. Então sejam vocês mesmos e decidam tudo pondo o AMOR em primeiro lugar. Casem-se, seja em um evento para mil pessoas ou a dois num barco em alto mar. Só o amor é que importa.”

“Entreguem-se completamente. Sintam a verdade no olhar do amor da sua vida, sintam o cheiro, sintam o toque, eternizem na memória e no coração esse momento. Entrem em uma bolha só de vocês e aproveitem cada instante dessa magia que envolve o dia do casamento.”

Love Story

“A Tairine e o Arthur se conheceram quando ela se matriculou na faculdade. Ele já era veterano no curso e ambos participavam da mesma comunidade no Orkut (quem lembra? Saudades!) e foi lá, na “Calouros PP Univali 2008/I”, que interagiram pela primeira vez. Os dois criaram uma verdadeira amizade online, que ganhava vida graças ao MSN. E como a Tai, que morava em Ibirama, estava de mudança para Balneário Camboriú, graças ao início das aulas, eles combinaram de se encontrar…”

“…A energia bateu e a sintonia surgiu logo de cara. E, por estarem tão conectados, os dois sempre davam um jeito de se verem, desde pequenos passeios até jantarzinhos. O que não imaginavam é que uma quinta-feira, mais precisamente 6 de março de 2008, ficaria guardada para sempre na memória…”

“…Nesse dia o Arthur se ofereceu para acompanhar a Tai até em casa… como quem não quer nada… e na hora de dar tchau… roubou um beijo dela. Sim!!!! Esse foi o início de algo incrível. E um mês depois já contaram para a família e amigos que estavam namorando. De lá para cá as coisas foram crescendo e fluindo. E já são muitos anos de um namoro cheio de cumplicidade e lealdade. Com a mesma simplicidade e frio na barriga dos tempos de faculdade, mas agora com uma vida bem diferente daquela de universitários…”

“…O Arthur, devido ao seu trabalho, passou a viajar bastante. Ficava muito tempo fora e a saudade começou a pesar. Mas se a despedida era triste, os reencontros eram ainda mais intensos e emocionantes. Depois de um tempo no Oriente Médio, ele voltou ao Brasil e percebeu que estava mais do que na hora de darem outro importante passo na relação, foi assim que surgiu o convite para morarem juntos. O casal começou, então, 2016 de casa nova. E as conversas sobre o futuro até que apareciam, mas sabiam que tudo viria ao seu tempo, sem pressa e nem muitos planos. Um dia, pouco antes de viajar de volta para o Oriente Médio, o Arthur planejou uma surpresa: encomendou alianças com a vendedora de uma loja de joias que a Tai adorava e deixou tudo organizado para que, quando retornasse ao Brasil, pudesse pedir a mão dela em casamento…”

“…Mas a gente sabe que a vida nem sempre segue de acordo com os nossos planos, né? E, por um problema no seu voo de volta para casa, o Arthur teve que ficar quase que 24h no aeroporto de Abu Dhabi nas vésperas do Dia dos Namorados. O resultado disso? Além de chegar em casa exausto, ele ainda ficou frustrado porque todos seus planos foram por água abaixo. Os dois aproveitaram o domingo juntos e na segunda-feira, 13 de junho, o Arthur chegou em casa com algo que mudaria totalmente suas histórias: a aliança que ela tanto queria e o pedido de casamento tão sonhado! Entre lágrimas, sorrisos, abraços, beijos, pijamas e meias, o “SIM!” aconteceu. Bem do jeitinho e no cantinho deles. Talvez esse momento fale muito sobre o casal, já que foi esse o astral escolhido para o casamento: algo a sós, na praia que viveram verões inesquecíveis e riram, choraram, festejaram, se amaram e, claro, viram o sol nascer tantas vezes.”

Lindo, não é? Se vocês querem algo bem intimista e significativo para vocês, essa é uma ótima opção de celebração! Desejamos muito amor ao casal!!

Veja Também:

Casamento a Dois em Fernando de Noronha – Luciana & Pedro
“Casamento a Dois” – Experiência Completa
1 casal e 3 casamentos – Casamento a Dois na Ásia
Casamento a Dois em Veneza – Cristina & Fabio

Fornecedores

Fotografia: Alan Vieira | Vestido: Ateliê Dona Lia Praia Brava | Alianças: Vivara | Solitário: Swarovski | Beleza da Noiva: Brina Naisser Make Up e Hair Care | Buquê: Baobá Ateliê & Flowershop

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário