7 meses com a Bela – Muito Amor!

No primeiro ano de vida do bebê cada mês é super desafiador, especialmente para as mamães de primeira viagem, cheias de dúvidas e medos bobos… Ainda bem que o instinto materno sempre fala mais alto e a gente sai melhor que encomenda, não é mesmo? rs

A comemoração dos sete meses da Bela foi super simples, na igreja onde frequentamos, com um bolinho caseiro. Gosto de comemorar, mas nem sempre é possível preparar algo diferente, por mais simples que seja. Eu sinceramente acho que o meu dia tem bem menos do que 24 horas!

Na última semana fomos para o Rio de Janeiro visitar a família. Passamos alguns dias no sítio dos meus pais, no interior do Estado e depois fomos para a capital. Assim que chegamos na casa da titia Junia, o “circo estava montado”! Só precisava cantar parabéns! Qual mãe não ama isso? Titias e titios são incansáveis! Muito, muito amor!

Preto + branco + 7 em dourado! Fofíssimo! E o bolo estava delicioso! (a titia também tem vida corrida e soube bem otimizar o tempo!). Rapidamente coloquei um vestidinho na Bela e ela, que estava super cansada e com sono, foi só ver a câmera para começar a sorrir e posar. Incrível! (a vovozinha dela cismou que precisa inscrever a Bela em todas as agências de bebês modelos! kkkk #corujisse #nivel #avançado)

Foi tudo simples, mas tão, tão cheio de amor. Nos sentimos amadas demais! Então, esse mês a Bela teve bolinho com os amigos de Santos, parabéns na casa da tia Junia e no sábado, parábens com a priminha (da mesma idade) na casa do bisavô! Foi um mês intenso e muito bem celebrado!

Bela7mesesRJ_junialane007

7 meses com a Bela….

Cada mês novas conquistas, mudanças mil, rotina diferente…. Mas, do sexto para o sétimo mês muita coisa aconteceu aqui! A Bela começou a comer frutinhas e comidinhas (falei sobre o começo da introdução alimentar aqui, mas preciso atualizar vocês), as mamadas diminuíram durante o dia (embora alguns a menina só quer saber de mamar rs), mas em compensação, as noites têm sido bem difíceis. Um pouco antes de completar 6 meses a Bela resolveu acordar de madrugada!

Eu, que cantava vitória por ela dormir 10, 11 horas seguidas, paguei a língua! Quando a Bela estica 4 horas de sono já é motivo para muita alegria. Não sei exatamente o porquê. Na verdade, nunca saberei. Algumas vezes é para mamar, outras só para receber colinho.

Nesse mês também tivemos a vacina dos 6 meses que veio cheia de reações, o dentinho nasceu, ela ficou doentinha e agora eu posso dizer que tenho a bebê mais grudinho do universo! Sim! Muito agarrada à mamãezinha aqui! Claro que eu gosto de ter um bebê apaixonado por mim (haha) mas confesso que estou cansada e tive dias de chegar perto do limite. Durante as sonecas da tarde eu preciso trabalhar, ajustar as coisas de casa, preparar comidinha, e sem dormir direito, fica tudo mais difícil! E para piorar, a hora que a Bela tem sono, nem papai resolve! Socorro! Não estou me queixando, é apenas um desabafo. Antes de engravidar a gente sabe/ouve dizer que não será fácil, mas só vivendo para sentir na pele quão desafiador é ser mãe.

A gente não quer deixar de fazer nada. Precisa trabalhar, cuidar do marido (tadinho do meu!), tem compromissos com a família, igreja, a casa não pode desmoronar… e ao mesmo tempo, tem aquela cobrança: “preciso levar a Bela para tomar sol“, “não li nada para ela hoje”, “preciso estudar mais sobre o desenvolvimento”, “os programas de família não podem ficar esquecidos”, etc, etc, etc… Aonde aperta o botão “desligar”?

Mas de repente, eu recebo um sorriso, um olhar tenro, um carinho no rosto, e penso: “não mudaria nada! Essa é a vida que sempre sonhei!” Continuo cansada, mas muito feliz! Obrigada, Bela, por ser a minha bebê e por me ensinar tanto sobre o amor! Estou pronta para os próximos desafios!

Bela7mesesRJ_junialane001Bela7mesesRJ_junialane016 copyBela7mesesRJ_junialane020Bela7mesesRJ_junialane039 copyBela7mesesRJ_junialane050Bela7mesesRJ_junialane022Bela7mesesRJ_junialane028 Bela7mesesRJ_junialane002 Bela7mesesRJ_junialane025 Bela7mesesRJ_junialane030 Bela7mesesRJ_junialane046 Bela7mesesRJ_junialane057 Bela7mesesRJ_junialane033 Bela7mesesRJ_junialane051 Bela7mesesRJ_junialane019 Bela7mesesRJ_junialane054 Bela7mesesRJ_junialane056Bela7mesesRJ_junialane004

Deixe seu comentário

9comentários

  1. Elane - 5 de abril de 2016 às 16:06

    Da vontade de ter um bebezinho com tanta fofura assim :B hahaha …
    Bom demais ver tanto amor assim :)
    Parabéns para Bela …

    1. Lapis Noiva - 5 de abril de 2016 às 18:30

      Aiiii dá trabalho, mas é mto mto amor!

  2. Bruna - 5 de abril de 2016 às 17:56

    Você já assistiu o filme – Mamãe Operação Balada – ??? É cristão, divertido, verdadeiro e lindo !!

    1. Lapis Noiva - 5 de abril de 2016 às 18:29

      Bruna, nao conheço!!! Que legal!!!

  3. Simony moraes - 5 de abril de 2016 às 19:15

    Uma fofura a Bela,q Deus abençoe sua vida princesa .

  4. Rafa Rios - 5 de abril de 2016 às 23:07

    Chorando litros com esse post! Me sentindo exatamente assim, cansada mas realizada e não trocaria essa vida por nada!! Beijos pra vc e pra Bela! 😘

  5. Keiciane Batista - 7 de abril de 2016 às 15:41

    Muito amor! Bela está crescendo com muita saúde e carinho! Linda.

  6. Dani - 10 de abril de 2016 às 11:20

    Ao terminar de ler esse post… Eu estava com os olhos cheio de lágrimas e ao mesmo tempo sorrindo. Pois estou passando a mesma coisa. Ufaaa… não estou sozinha. rs
    Não está sendo fácil ser mãe e ser esposa. Jamais pensei que ser mãe iria ser tão desafiador. Não é fácil… Mas quando eu olho para minha princesa e vejo aquele sorriso, vejo que tudo vale a pena por ela.
    Obrigada por compartilhar sua experiência. Você me fez pensar e refletir que todos esses sentimentos e situações acontecem e fazem parte.
    Bjs

  7. Julia - 12 de abril de 2016 às 13:35

    Lore, por aqui está acontecendo algo bem parecido! Olivia está com 7 meses e meio, e faz algumas semanas que começou a acordar bem mais durante a noite e dar muito mais trabalho para ficar no berço (veja bem, ela nunca esticou 10 horas como a Bella, mas pelo menos umas 5 esticava). Conversando com uma amiga muito querida, que também é pediatra de uma sensibilidade única, ela expliciu que nessa fase o bebê começa a se perceber como um ser separado da mãe. Essa descoberta tras certa insegurança para nossas pequenas, então é natural que fiquem mais apegadas. Quanto a noite, o sono é um momento de separação, por isso é comum essa necessidade de apego se manifestar nesse momento :). Faz sentido, né?